Coronavírus: veja canais de atendimento e denúncias da Saúde em Maceió

Usuário tem acesso a uma equipe de saúde pelo telefone 156

Coronavírus: veja canais de atendimento e denúncias da Saúde em Maceió

Usuário tem acesso a uma equipe de saúde pelo telefone 156

Por Graziela França/ Ascom SMS | Edição do dia 3 de maio de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,,


Foto: Assessoria

A recomendação é para que aqueles que podem fiquem em casa, enquanto profissionais de saúde e outras áreas atuam no atendimento à população, durante o período de isolamento social, visando resguardar vidas e diminuir as chances de contaminação pelo novo coronavírus.

E para facilitar a vida dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Maceió, a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza números para que a população possa tirar dúvidas, fazer a triagem de procedimentos, ter orientações sobre a Covid-19 e fazer denúncias relacionadas a abandono de animais de grande porte ou de vetores para doenças.

O mais novo canal voltado para esclarecer e orientar os maceioenses em relação ao novo coronavírus é o Call Center da Saúde. Ligando no 156, das 7h às 19h, o usuário tem acesso a uma equipe de saúde, formada por médicos, enfermeiros e psicólogos, responsáveis por atender e tirar as dúvidas dos usuários, seguindo o protocolo existente no Município.

Realização de outros procedimentos

Com a Portaria 035, o Município de Maceió disciplinou o adiamento de consultas, exames e cirurgias eletivas e a redução no horário de atendimento ao público, visando organizar a rede de atenção à saúde para disponibilidade de leitos para casos do novo coronavírus.

Mas para garantir que os procedimentos de urgência sejam realizados, uma central foi montada no PAM Salgadinho, localizada no Poço, com profissionais que fazem a triagem do que realmente é necessário a ser feito.

Todos os encaminhamentos feitos pelos médicos das unidades de saúde entram no Sistema de Regulação (Sisreg) do SUS, a partir disso, uma comissão formada por 13 médicos avalia a situação de cada paciente. Em seguida, os profissionais selecionam os casos mais urgentes e críticos e todos são marcados e encaminhados para o atendimento. Os usuários que quiserem tirar dúvidas podem entrar em contato com a Central de Informações do PAM Salgadinho pelo telefone 3312-5460.

Disque Denúncia e funcionamento de unidades

A Unidade de Vigilância de Zoonoses, localizada na Cidade Universitária, adotou o sistema de rodízio de equipes, porém permanece com atendimento das 8h às 13h, de segunda a sexta, apenas para casos que envolvam zoonoses.

Já o atendimento clínico de rotina só retornará após período de quarentena, evitando aglomeração no local. Para denúncias de animais de grande porte soltos em via pública ou suspeitos de zoonoses, o usuário pode ligar para o 3312-5576 e escolher a opção 1.

Os usuários também podem ligar para 3312-5495, de segunda a sexta, das 8h às 17h, para denunciar locais que podem ser foco do mosquito da dengue e outros animais que transmitem doenças, como ratos, escorpiões e moscas.

Já para a Vigilância Sanitária, o horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h, mas sem a forma presencial, podendo o usuário entrar em contato pelo Disque Denúncia (3312 5496).

Dentre as ações de competência da Vigilância Sanitária foram estendidos os prazos dos alvarás sanitários que tenham data de vencimento entre os dias 1º de março a 31 de maio, para 90 dias o vencimento.

A Visa também fiscaliza se os estabelecimentos que seguem abertos adotaram e estão mantendo as medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, estabelecidas pelas autoridades de saúde para o enfrentamento do coronavírus. Não permitir aglomerações, fornecer máscaras para os funcionários e disponibilizar álcool em gel para higienização são algumas das medidas que devem ser seguidas.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados