Coronavírus: Bares e restaurantes amargam 30% de demissões, aponta Abrasel-AL

Por Redação | Edição do dia 23 de junho de 2020
Categoria: Economia, Notícias | Tags: ,,,,,,


Foto: Reprodução / Internet

Em comunicado publicado nas redes sociais, na noite dessa segunda-feira, 22, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel-AL) informou que o setor de bares e restaurantes do estado registrou 30% de demissões devido ao período de isolamento social. A instituição estima que as demissões cresçam, já que há uma estimava de 40% de encerramento das atividades nos próximos meses.

A Abrasel ainda informa que muitos estabelecimentos já anunciaram o fechamento devido à crise e que cerca de 15 mil desses serviços devem ser atingidos. A maioria deles se trata de empresas familiares, apontou.

Devido ao quadro de crise econômica, a instituição se posiciona favorável a retomada das atividades de forma segura e opinou ao dizer que o protocolo de reabertura “já deveria ser como fazer e não, quando”.

A seguir, leia a nota na íntegra:

Alerta de colapso


Já são 90 dias de fechamento dos estabelecimentos desde o primeiro decreto governamental e o setor de bares e restaurantes já amarga 30% de demissões. Infelizmente muitos dos nossos empresários já anunciaram o fechamento de suas portas e a previsão é que esse número cresça ainda mais, chegando à lamentável estatística de 40% de encerramento das atividades nos próximos meses. A Abrasel/AL contabiliza cerca de 15 mil estabelecimentos de alimentação fora do lar. Em sua grande maioria, empresas familiares onde todos dão a sua vida diariamente para garantir o sustento da atividade. Entendemos que agora não é mais momento de protelar a abertura da economia, mas sim de unir todas as peças da sociedade e fazer acontecer uma retomada segura desde já. O ponto relevante dos protocolos de reabertura já deveria ser COMO fazer e não, QUANDO.

Não aguentamos mais!

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados