Corinthians ainda não desistiu de vez de Cavani, e vê empecilhos por Diego Costa

Timão aguarda retorno do estafe do uruguaio para desistir de vez do atacante. Já a concorrência europeia e os altos valores podem atrapalhar chegada do hispano-brasileiro

Corinthians ainda não desistiu de vez de Cavani, e vê empecilhos por Diego Costa

Timão aguarda retorno do estafe do uruguaio para desistir de vez do atacante. Já a concorrência europeia e os altos valores podem atrapalhar chegada do hispano-brasileiro

Por Lance! | Edição do dia 11 de janeiro de 2022
Categoria: Esportes | Tags: ,,


Correndo atrás de concluir o principal objetivo nessa janela de transferências, que é a contratação de um camisa 9 de peso, o Corinthians ainda não jogou a toalha pelo seu principal sonho para a posição, o uruguaio Edinson Cavani, mesmo após o técnico do Manchester United, Ralf Rangnick ter dito que o próprio atleta garantiu que cumprirá o contrato com o clube inglês, que vai até o dia 30 de junho.

O que mantém viva as esperanças da cúpula corintiana pelo atacante estrangeiro é o fato de até agora os representantes do atleta não terem retornado com a oferta feita pelo Timão, além do ciente interesse que Cavani tem em atuar no futebol sul-americano. Por isso, enquanto não receber uma negativa dos representantes do centroavante, o clube do Parque São Jorge seguirá sonhando com Edinson.

Cavani e Diego Costa se enfrentaram em um Chelsea e PSG pela Champions de 2015. Foto: Jean Catuffe/Getty Images.

Agora, caso um desfecho positivo não aconteça para o primeiro semestre, o Time do Povo ainda pode tentar a contratação de Cavani para a segunda metade do ano, já que o contrato do jogador está encerrando e ele já pode assinar pré-contrato com outro clube.

No entanto, paralelamente a indefinição pelo uruguaio, o Corinthians está de olho na situação de Diego Costa, que está prestes a rescindir com o Atlético-MG e ficando livre no mercado.

No entanto, a diretoria corintiana vê possíveis problemas para um desenrolar por esse atleta. O primeiro é a concorrências do mercado exterior, principalmente o europeu, prioridade de Diego no momento. Contudo, nesse caso o Timão está confiante, pois mesmo sabendo que houve manifestações de interesse de clubes estrangeiros pelo atacante os que se manifestaram não são da primeira prateleira do futebol internacional, o que pode ajudar o Corinthians em um possível ‘braço de ferro’. Já o segundo possível empecilho é a parte financeira, porque, mesmo o Time do Povo estando disposto a abrir os cofres por um centroavante de peso. os valores do hispano-brasileiro são vistos como alto, mesmo com o Grupo Taunsa potencialmente arcando com parte dos vencimentos.

De toda a maneira, um novo passo por Diego Costa só será dado quando for sinalizada definitivamente a rescisão contratual do atacante com o Atlético-MG. Existe um movimento interno para dar mais passos nas conversas com o estafe de atleta ainda nesta semana, mas proposta só haverá no momento em que o centroavante estiver definitivamente livre no mercado.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados