Copa do Brasil: CRB bate o Palmeiras nos pênaltis, fatura R$ 2,7 milhões e está nas oitavas

Time regatiano venceu por 1 a 0 no tempo normal e garantiu a classificação nos pênaltis

Copa do Brasil: CRB bate o Palmeiras nos pênaltis, fatura R$ 2,7 milhões e está nas oitavas

Time regatiano venceu por 1 a 0 no tempo normal e garantiu a classificação nos pênaltis

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 9 de junho de 2021
Categoria: Esportes


CRB consegue façanha de eliminar o Palmeiras e fatura R$ 2,7 milhões. Foto: Ascom Palmeiras

O CRB conseguiu uma classificação histórica na noite desta quarta-feira (9), no Allianz Parque, diante do Palmeiras. O Galo venceu no tempo norma por 1 a 0, com gol de Ewandro logo aos cinco minutos de bola rolando e forçou a decisão nos pênaltis. Nas cobranças, Diogo Silva foi o herói e garantiu a vitória por 4 a 3 e a classificação para as oitavas de final, além da cota de R$ 2,7 milhões.

No primeiro tempo, o Palmeiras começou querendo pressionar, chegando à primeira finalização aos quatro minutos, mas Diogo Silva fez boa defesa no chute de Wesley. Logo em sequência, Diego Torres disparou pelo meio e achou Ewandro pela direita. O atacante tocou na saída de Weverton para abrir o placar e fazer o que seria o único gol da partida. Depois disso, inteligentemente o time regatiano se fechou e chamou o Verdão para o seu campo de defesa, mas o time da casa não teve eficiência para empatar.

Na segunda etapa, o Porco manteve a postura de pressionar e tentou ditar o ritmo de jogo. O time paulista chegou a fazer 42 finalizações, contra apenas duas do CRB. Gustavo Scarpa foi quem mais arriscou, mas não obteve sucesso. Diogo Silva foi mesmo o nome do galo. Fez defesas importantes e parou um dos ataques mais cobiçados do Brasil.

Nos pênaltis, Pelo time da casa, Willian, Gustavo Scarpa e Victor Luis converteram. Lucas Lima, Breno Lopes, Luiz Adriano e Marcos Rocha desperdiçaram. E do lado regatiano, Diego Torres, Hyuri, Jatobá e Diogo Silva fizeram os gols. Guilherme Romão, Reginaldo e Dudu erraram.

E esse foi o resultado suficiente para o, até hoje, “azarão” CRB, mandar embora nada mais nada menos que o atual campeão da Copa do Brasil.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados