Convênio de R$ 2,8 milhões vai desenvolver avicultura integrada em Viçosa

Parceria será firmada entre o Governo do Estado e a prefeitura municipal, anunciou Renan Filho

Convênio de R$ 2,8 milhões vai desenvolver avicultura integrada em Viçosa

Parceria será firmada entre o Governo do Estado e a prefeitura municipal, anunciou Renan Filho

Por Assessoria | Edição do dia 29 de maio de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

O Governo do Estado e a prefeitura de Viçosa vão firmar convênio para desenvolver no município um projeto de avicultura integrada. O anúncio foi feito esta semana pelo governador Renan Filho, que esteve em Viçosa para autorizar o início das obras do programa Minha Cidade Linda.

“Vamos firmar um convênio e, nos próximos dias, liberar cerca de R$ 2,8 milhões, um volume de recursos considerável para promover a geração de emprego, gerar oportunidades e dinamizar a economia de Viçosa e da região do Vale do Paraíba”, anunciou Renan Filho, ao lado do prefeito do município, João Victor.

“Trata-se de um projeto inovador para Alagoas, que é uma integração para a produção de frangos de corte. O projeto foi feito pela prefeitura, apresentado ao Governo do Estado e aprovado por nós”, acrescentou Renan Filho.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Emmanuel Lobo, a criação de aves através do sistema de integração vem crescendo no Brasil. Nele, a empresa integradora é responsável por fornecer os pintinhos, ração, medicação, acompanhamento técnico e transporte, além da retirada dos frangos prontos para o abate.

“O agricultor familiar, que é o parceiro integrado, participará do sistema com a estrutura física para criação e a mão de obra, tendo a responsabilidade de obter uma melhor produtividade para elevar seus rendimentos”, explicou Lobo.

Na avaliação do secretário, o sistema de integração trará desenvolvimento à região do Vale do Paraíba, uma vez que, além de fixar o homem no campo, trará segurança econômica para o agricultor familiar, como também aumentará o PIB do município, gerando desenvolvimento e empregos diretos e indiretos.

“Outro benefício importante para o agricultor familiar é o fluxo de caixa. Por ser uma atividade de ciclo curto, apenas 60 dias, isso que lhe dará estabilidade financeira”, acrescentou Lobo.

O projeto

De acordo com o projeto, o investimento com a atividade no município de Viçosa beneficiará diretamente 40 famílias de agricultores. Cada produtor alojará 2.500 aves em 200 metros quadrados de área construída.

O ciclo da criação é de 45 dias e 15 dias de vazio sanitário para depois iniciar um novo ciclo. Logo, serão possíveis seis ciclos por ano. A renda a mensal a ser obtida vai girar em torno de dois salários mínimos mensais.

O prefeito de Viçosa afirmou que o suporte financeiro dado pelo Governo do Estado será fundamental para a execução do projeto de criação de frangos de corte.

“O governador, muito sensível a esse projeto de geração de renda que será executado pela prefeitura em parceria com a Granja Sabalangá, topou na hora, porque entendeu que é desse jeito que se faz política: trabalhando para o pequeno produtor, levando renda às pessoas e ocupando a nossa gente”, afirmou João Victor.

Ainda de acordo com o projeto, o Governo do Estado vai arcar com o investimento da construção dos galpões e a aquisição de equipamentos; a prefeitura com o acompanhamento técnico aos beneficiários e a empresa integradora (Granja Sabalangá) custeará a atividade, ou seja, os insumos, além de ficar responsável pela retirada dos animais prontos para o abate.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados