Conor McGregor diz não ter nada ruim para falar de Cerrone

Por | Edição do dia 15 de janeiro de 2020
Categoria: Esportes, Outros Esportes


Globoesporte.com

Foto: Evelyn Rodrigues

Aquele Conor McGregor provocador, que muitas vezes passa dos limites, não parece que irá dar as caras no UFC 246. Com discurso mais respeitoso do que o normal em semana de luta, o irlandês tem pego leve nas declarações sobre Donald Cerrone, seu adversário neste sábado, em Las Vegas (EUA). Porém, é claro, ele sabe dar um jeito de apimentar o confronto. Em conversa com jornalistas nesta terça-feira, “The Notorious” prometeu “colocar Cerrone para dormir” com facilidade.

– Eu não estou muito preocupado com o que ele diz. Gosto do Donald, não tenho nada de ruim para falar dele, mas vou colocá-lo para dormir e vou fazer isso facilmente. É a mesma coisa, luta é luta. Vou entrar lá e não importa se é com ou sem rivalidade, é uma luta. Então estou empolgado por estar de volta e ansioso para lutar no sábado – afirmou.

Sem lutar desde outubro de 2018, quando perdeu por finalização para Khabib Nurmagomedov, McGregor fez coro ao discurso de seu treinador, John Kavanagh, que tem falado que o pupilo está na melhor forma de sua carreira e garantiu que voltará ao nível de sua última vitória, em 2016, contra Eddie Alvarez, quando conquistou o título peso-leve (até 70kg).

– Absolutamente. As pessoas ficam dizendo que querem o antigo Conor McGregor de volta. Aquele Conor de 2015, 2016. E, não me leve a mal, foi uma performance incrível contra o Eddie Alvarez, provavelmente a melhor performance de um campeão na história do UFC. Minha estreia em Nova York, tantas equipes excelentes, mas ele (Kavanagh) está certo. Eu serei sempre quem derrotou Eddie Alvarez. Estou em uma excelente posição e estou me movimentando muito bem.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados