Confira o resultado final do edital de Incentivo à Produção Audiovisual da Secult 

Certame premia projetos nas categorias longa-metragem, telefilme, obra seriada, curta-metragem e cursos de formação

Confira o resultado final do edital de Incentivo à Produção Audiovisual da Secult 

Certame premia projetos nas categorias longa-metragem, telefilme, obra seriada, curta-metragem e cursos de formação

Por Assessoria | Edição do dia 22 de dezembro de 2021
Categoria: Alagoas, Cultura | Tags: ,,,


O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), divulgou, no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (21), o resultado do V Edital de Incentivo à Produção Audiovisual – Prêmio Cacá Diegues. Ao todo, foram selecionados três projetos de longa-metragem, três projetos de telefilme, um projeto de obra seriada, dezoito projetos de curta-metragem e quatro projetos de cursos de formação em audiovisual, totalizando investimentos de quase R$ 8 milhões.

Na categoria longa-metragem foram contemplados os filmes Antônia, de Eduardo Nogueira; Edifício Lygia, de Nilton Resende; e Love is Love, de Paulo Silver. Na categoria telefilme foram escolhidos as produções Chacina da Gruta, de Wagno Godez; Maninha Xukuru-Kariri, de Marcelo Tingui, Celso Brandão e Aldemir Barros; e Jofre Soares: do Picadeiro ao Cinema Novo, de Ailton da Costa.

Já para produção de obra seriada, foi selecionado Segredos Tropicais, de Rafhael Barbosa e Werner Salles, e para curtas-metragens, Dandara, de Jean Lins, As Lavadeiras da Ilha do Ferro, de Vera Oliveira, Virada na Jiraya, de Acássia Deliê; Quebra de Xangô, de Alexandrea Constantino; Tiragosto, de Maysa Reis, e Ajude os Menor, de Janderson Tavares foram os escolhidos.

Batuque das Ondas, de Manuela Cecília (Manu Preta); Cristo Corre-Campo, de Lara Maísa Sandes; Rachadura, de Luiza Leal; Menina Se Quere Vamo, de Nicolle Freire; Porto de Sal, de Luciano Pedro; Deyse Ex Machina, de Jasmelino Medeiros; Tapando Buracos, de Laura Calheiros; Nas Mãos do Ouricuri, de Karoliny Silva do Nascimento; Ficou no Caminho, de Vitória Canuto; Cicatriz, de Felipe Guimarães, e Zeza – A mulher das Sete Faces, de Renah Berindelli também foram contemplados na seleção de curta-metragem.

Os projetos Árido Lab, III Capacitação Artística Sala de Roteiros, Estação Navi e Laboratório de Cinema do Agreste foram selecionados na categoria de curso de formação. O edital completo com a lista de selecionados pode ser acessado clicando neste link.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados