Comissão realiza audiência para avaliação do Plano Municipal de Educação de Maceió

Comissão realiza audiência para avaliação do Plano Municipal de Educação de Maceió

Por | Edição do dia 21 de novembro de 2019
Categoria: Ultimas Notícias | Tags: ,


A Comissão Permanente de Educação, Cultura, Turismo e Esporte da Câmara Municipal de Maceió realiza nesta sexta-feira (22), a partir das 9h, uma audiência pública, no Plenário Silvânio Barbosa, para discutir as avaliações das metas estabelecidas dentro do Plano Municipal de Educação de Maceió.

Para o presidente da Comissão e propositor da audiência, vereador Francisco Sales (PPL), é fundamental que toda sociedade civil e a comunidade escolar participe ativamente da discussão para que se possa ter uma avaliação mais técnica sobre o andamento da educação municipal na capital.

“Nessa audiência, teremos a apresentação das metas que foram cumpridas em sua totalidade pelo município, as que estão sendo cumpridas e também as que não foram cumpridas e por quais motivos não ocorreram. É importante esse acompanhamento para não ficarmos somente no discurso verbal de que a Educação em Maceió apresentou melhorias sem conhecer os dados reais e técnicos”, salientou Francisco Sales.

O Plano Municipal de Educação é composto por um diagnóstico sobre a educação municipal no âmbito das realidades sociais, culturais, políticas e pedagógicas, além de contextualizar sobre o sistema e suas redes pública e privada. O documento tem validade de 10 anos e foi elaborado em 2015 com vigência até 2025, composto por 19 metas, 262 estratégias que perpassam temas como a universalização da educação infantil até políticas de formação e valorização do profissional do setor.

A vice-presidente da Comissão, vereadora Silvânia Barbosa (PRTB), ressaltou que o documento ultrapassa qualquer governo estando alinhado com aos planos Estadual e Nacional.  “Nossas metas precisam ser ambiciosas se quisermos garantir uma educação de qualidade pela próxima década. O documento-base é o principal instrumento de referência para o debate público, daí a importância da participação de toda a sociedade, dos mais diversos setores. Também é fundamental termos um diagnóstico o mais próximo possível da realidade para traçarmos as metas e definirmos os indicadores”, afirmou Silvânia Barbosa.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados