Com novo decreto, Fecomércio estima recuperação de mais de 20% na economia

Faturamento potencial do setor de Comércio e Serviços deve chegar a R$ 360 milhões por semana

Com novo decreto, Fecomércio estima recuperação de mais de 20% na economia

Faturamento potencial do setor de Comércio e Serviços deve chegar a R$ 360 milhões por semana

Por Assessoria | Edição do dia 27 de abril de 2021
Categoria: Economia | Tags: ,,,


Rua do comércio movimentada em meio à pandemia. Foto: Reprodução

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) avalia como positiva a flexibilização do funcionamento do comércio na atual Fase Vermelha anunciada no início desta tarde, dia 27, pelo governador Renan Filho, em coletiva de imprensa. A retomada gradativa das atividades atende, em parte, as expectativas das empresas e representa uma recuperação de mais de 20% no faturamento potencial do setor de Comércio e Serviços, em Alagoas, chegando ao patamar de R$ 360 milhões por semana.

Esse valor ainda estaria aquém dos R$ 418,6 milhões gerados num ambiente de normalidade econômica, todavia, traria um fôlego importante para o segmento que compõe grande parte da geração de riqueza do estado de Alagoas.

A estimativa do Instituto Fecomércio AL tem como base o faturamento diário do setor terciário no Estado, projetado em aproximadamente em R$ 21,828 bilhões pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o que, em média, gera uma receita diária de R$ 59,8 milhões. Porém, considerando que as restrições atuais nos horários acabam por reduzir o equivalente a um dia de atividade quando comparado ao pleno funcionamento das empresas, o faturamento atual fica em R$ 51.4 milhões ao dia.

Para a entidade, as medidas anunciadas hoje trazem uma melhor perspectiva ao empresariado, tendo em vista os impactos sofridos ao longo de toda pandemia. Contudo, considera que o segmento de eventos continua sendo o mais prejudicado. Já os bares e restaurantes que têm um maior fluxo de clientes na parte da noite, horário que ainda não foi permitida a abertura, permanecem na luta para equilibrarem suas finanças.

A Fecomércio reconhece o esforço do Governo do Estado e reitera que a prevenção, a conscientização da população e o respeito às diretrizes sanitárias estabelecidas são importantes para a superação deste momento.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados