Com mais um gol de Léo Gamalho, CRB vence o Brasil de Pelotas por 1 a 0 e entra no G-4

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 19 de agosto de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano


Léo Gamalho marca mais um e dispara na artilharia da Série B. Foto: Gustavo Henrique/Ascom CRB

De volta para casa, o CRB recebeu o Brasil de Pelotas tentando voltar a vencer no Rei Pelé, nesta terça-feira (18). Com mudanças no time titular, Marcelo Cabo promoveu a estreia do lateral-direito Reginaldo e do volante Thiaguinho como titulares. Mas o nome da noite foi, mais uma vez, o centroavante Léo Gamalho.

No setor defensivo, o Galo começou pressionando o Xavante e quase abriu o placar com Léo Gamalho, mas foi travado na hora certa. E com a velocidade de Reginaldo, o técnico Marcelo Cabo optava sempre por atacar pelos lados do campo.

Depois dos 30 minutos de jogo, o time de Pelotas começou a sair para o jogo e pressionar a defesa regatiana. Mesmo assim, nada fora do controle. O Regatas continuou administrando o jogo no setor ofensivo, mas dele eficiência.

Na segunda etapa, o Galo voltou com Luidy no lugar de Bill. A mudança deu uma velocidade maior ao lado esquerdo do ataque regatiano. E se na jogada trabalhada não dava, Diego Torres tentou na bola parada. O argentino buscou o gol olímpico e colocou o goleiro do Brasil para trabalhar.

Aos 19 minutos, Erik bateu uma falta que tinha endereço. Mas o goleiro Rafael Martins se esticou e deu um toque para evitar o gol. A bola ainda bateu no travessão e saiu pela linha de fundo.

Mas de tanto insistir, o Galo chegou. Num belo passe de Erik, Diego Torres mandou para a pequena área e o artilheiro Léo Gamalho estava no lugar certo. O camisa 9 completou e fez o seu quarto gol em quatro jogos na Série B.

E o goleador queria mais. Aproveitando um chutão de Thiaguinho, ele dominou a bola no meio dos zagueiros adversários e saiu cara a cara com o goleiro. Tentou duas vezes, mas acabou se enrolando.

Depois de conseguir abrir o placar, o Regatas fez uma partida muito tranquila. Sem assustar, nem sofrer.

Com a vitória, o Galo está momentaneamente no G-4, ocupando a quarta posição com

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados