Com gol de Léo Gamalho, CRB bate o Oeste por 1 a 0 e conquista primeira vitória na Série B

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 12 de agosto de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano | Tags: ,,,,,,


O CRB entrou em campo nesta quarta-feira (12) para tentar a primeira vitória na Série B, diante do Oeste, no Estádio Rei Pelé. O técnico Marcelo Cabo mandou a campo a equipe sem três peças principais do time titular: o zagueiro Ewerton Páscoa, o lateral esquerdo Igor Cariús e o volante Caudinei estão entregues ao Departamento Médico. Mesmo com a equipe desfalcada, o Galo conseguiu ser eficiente e conquistou os três primeiros pontos pelo placar mínimo de 1 a 0.

Léo Gamalho fez seu décimo gol e decidiu o jogo para o Galo. Foto: Gustavo Henrique/Ascom CRB

No primeiro tempo, o jogo começou mais estudado, sem muita ofensividade para nenhum dos lados. O “estudo” deu lugar à timidez. Somente aos 29 minutos de bola rolando saiu a primeira finalização. De falta, do meio da rua, o zagueiro Xandão bateu rasteiro e fez o goleiro Caíque França trabalhar. Aos 33, o Oeste respondeu com o chute de Betinho, depois de uma bela jogada do lateral Gustavo Salomão, mas isolou.

Depois disso, o jogo voltou a ser sonolento. Sem muita objetividade e muito menos emoção. O Oeste ia conseguindo o que veio buscar em Maceió: segurar o empate e até impor o ritmo da partida em alguns momentos. Enquanto o CRB assistia e pouco incomodava a defesa adversária.

Na volta do intervalo, o técnico Marcelo Cabo tirou Magno Cruz e Diego Torres e colocou o jovem Bill e o meia Felipe Menezes, querendo organizar o jogo e dar velocidade ao setor ofensivo.

Mesmo com as alterações, com a bola rolando, nada encaixava. Foi aí que o treinador regatiano colocou Luidy em campo, no lugar de Erik. A partir dessa substituição, o Galo começou a pressionar a equipe paulista. Só a partir da segunda metade do segundo tempo é que o jogo começou a esquentar.

De tanto insistir, o CRB conseguiu furar o bloqueio do Oeste. Numa jogada de oportunismo, Luidy aproveitou a confusão na defesa adversária, fez a jogada de linha de fundo e procurou alguém na pequena área. E quando se fala em pequena área, quem sempre se apresenta estava lá. Léo Gamalho escorou para o fundo das redes, com um “tapa” na bola, para fazer seu décimo gol com a camisa regatiana.

Após abrir o placar, restou ao Regatas administrar a partida. Depois de um primeiro apático e de um segundo eficiente, o Galo conseguiu a primeira vitória na Série B do Brasileirão. O próximo compromisso é diante do Náutico, no sábado (15), às 19h, nos Aflitos.

 

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados