Com aprovação na Câmara, piso salarial valoriza 35 mil profissionais da enfermagem em Alagoas

Deputados Federais aprovaram o projeto de lei 2564/20 que institui o piso salarial a enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras

Com aprovação na Câmara, piso salarial valoriza 35 mil profissionais da enfermagem em Alagoas

Deputados Federais aprovaram o projeto de lei 2564/20 que institui o piso salarial a enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras

Por Assessoria | Edição do dia 5 de maio de 2022
Categoria: Política, Saúde, Ultimas Notícias | Tags: ,,,


A luta incansável travada pelo Instituto da Enfermagem Alagoana (IENFAL) em benefício de enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras está chegando ao fim depois que a Câmara dos Deputados aprovou a criação do piso salarial da categoria, nesta quarta-feira (04). Agora o Projeto de Lei número 2564/20 segue para a sanção presencial.

Foto: Reprodução

O PL foi aprovado por 449 votos a 12, e com isso os enfermeiros terão um salário mínimo inicial de R$4.750, que deverá ser pago em todo o Brasil pelos serviços de saúde públicos e privados. Ficou definido que os técnicos de enfermagem receberão 70% do piso dos enfermeiros, já os auxiliares de enfermagem e as parteiras irão receber 50% desse valor.

A votação foi acompanhada de perto, em Brasília, por representantes da enfermagem alagoana, como o presidente do IENFAL, Rildo Bezerra. O enfermeiro falou sobre a emoção em estar presente nesse momento histórico para enfermeiros, enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras.

“Foi mais uma vitória para a enfermagem no Brasil, e ainda mais especial para os 35 mil profissionais que atuam salvando vidas em Alagoas. Estar presente na sessão que aprovou o nosso piso salarial foi emocionante, foram mais de 20 anos de espera os profissionais de enfermagem estão aliviados e felizes. Agradecemos especial ao conselho federal e os conselhos regionais, instituições precursoras dessa vitória, resta agora ser sancionada pelo presidente”, afirmou o presidente do IENFAL. Antes de seguir para a sanção do presidente da república, ainda será preciso definir acordo sobre as fontes para o financiamento.

Também estiveram presentes em Brasília o tesoureiro do IENFAL Paulo Jorge, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas, Rennê Costa, a presidenta do Sindicato dos Enfermeiros de Alagoas, Cinthia Carvalho, e o presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Alagoas, Mário Jorge.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados