Foto: Reprodução

As chuvas intensas verificadas durante os últimos dias na região de Traipu afetaram o ritmo do tratamento de água do Sistema Adutor do Agreste. Foi o que informou o supervisor do Centro de Controle Operacional Paulo Felipe Barbosa, da Agreste Saneamento, empresa responsável pela operação do sistema e parceira da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

De acordo com o supervisor, o volume das precipitações provocou alterações na cor e na turbidez da água bruta captada na estação de captação de Traipu. “Dessa forma, para garantir que a água distribuída esteja de acordo com padrões de potabilidade, estamos executando um controle da vazão de captação”, pontuou Barbosa.

O supervisor explicou também que o sistema de abastecimento deverá retomar a vazão normal de produção do líquido à proporção em que a água bruta retome seu aspecto padrão de cor e turbidez.

Nesse entretempo, é possível que ocorram irregularidades no fornecimento de água de Craíbas e Igaci, bem como nos bairros da parte alta de Arapiraca: Senador Arnon de Melo, Alto do Cruzeiro, Baixa Grande, Brasiliana, Bom Sucesso, Caititus, Capiatã, Cavaco, Cohab Nova, Cohab Velha, Eldorado, Jardim Maria, Jardim Esperança, Novo Horizonte, Planalto, Santa Edwirges, Santa Esmeralda, Senador Nilo Coelho, Senador Teotônio Vilela e Vila São Vicente.