CESMAC forma turma de médicos. Profissionais devem integrar força tarefa na pandemia do novo coronavírus

A primeira turma do curso na Instituição colou grau na última semana em um momento repleto de significado e emoção

CESMAC forma turma de médicos. Profissionais devem integrar força tarefa na pandemia do novo coronavírus

A primeira turma do curso na Instituição colou grau na última semana em um momento repleto de significado e emoção

Por CESMAC/Kelma de Abreu | Edição do dia 20 de abril de 2020
| Tags: ,,


CESMAC-forma-turma-de-médicos-Profissionais-devem-integrar-força-tarefa-na-pandemia-do-novo-coronavírus-4-

Foto: Grupo Lifetrailer

A simplicidade não tirou todo o significado do momento da colação de grau dos, agora, médicos da primeira turma do curso de Medicina do CESMAC. O dia tão esperado pelos acadêmicos que trilharam um longo caminho aconteceu na última sexta-feira, 17, na sede da Secretaria Geral Acadêmica da Instituição.
A dinâmica aconteceu de forma especial, sem aglomerações, atendendo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, além das secretarias estadual e municipal de saúde. Foi reservando um tempo de cinco minutos para cada formando entrar individualmente, assinar o documento e concluir o processo. A estrutura da sede da secretaria ajudou para que a dinâmica fosse feita nesse espaço de tempo, garantindo o atendimento rotativo no local. Além disso, foram tomados todos os cuidados imprescindíveis para a segurança e prevenção da COVID-19, com a distribuição de álcool gel na entrada do prédio e a orientação para que todos estivessem de máscara de proteção facial, tudo devidamente organizado pela secretária geral acadêmica, Profa. Daniella Pereira, que também acompanhou todo o processo com sua equipe.
Mesmo com o distanciamento social os coordenadores da graduação marcaram presença e celebraram com os formandos, seguindo as orientação e cuidados necessários. De acordo com o coordenador geral do curso de Medicina, Dr. André Falcão, “a vitória é de todos que fazem o CESMAC, mas principalmente dos acadêmicos que fizeram valer todo o período da graduação e aproveitaram cada oportunidade oferecida pela Instituição. Estamos entregando a primeira turma de Médicos com a sensação de dever cumprido e a certeza de que ainda temos muito para fazer, pois o trabalho continua com as outras turmas. Um sonho realizado e o retorno de profissionais qualificados, principalmente nesse momento delicado de emergência na saúde pública com a pandemia do novo coronavírus”, ressalta.
A coordenadora ajunta acadêmica, Dra. Ivonilda Maia, acrescenta em uma fala repleta de emoção que, “esses os dias estão difíceis, para toda a sociedade, para todos nós.  Com o coronavírus, ocorreu uma série de mudanças e surgiu a necessidade de suporte do maior número de médicos para responder a esse desafio.  Nossos alunos indicaram o desejo de participar desse momento.  E nós, de nossa parte, respondemos com a cuidadosa análise de documentação, seguindo os critérios permitidos pelo MEC, para que isso fosse possível. Assim, nossa primeira turma do curso de Medicina colou grau, de forma diferente, sem as festas tradicionais, sem o baile, sem os abraços, sem a cerimônia planejada, mas carregados de esperança, de comprometimento e de satisfação que tornaram o momento belo, sem igual”, declara.
A docente diz ainda que “a emoção de vê-los realizar o sonho é motivo de muita alegria. Ao ver os rostos parcialmente cobertos em máscaras de proteção facial, relembrei os momentos de convivência, e reconheci no brilho do olhar, o crescimento em humanidade, em ética, em responsabilidade, e relembrei os momentos em que me surpreendi tantas vezes, ao descobrir que estavam cada vez mais preparados. Sim, entregamos agora médicos preparados para exercer a Medicina com competência, em um momento crucial de necessidade da população.  Nada é por acaso, a compreensão disso nos traz a convicção de que é o momento certo. Estou feliz e saudosa, mas sobretudo aliviada, por não ter dúvidas de que são capazes de exercer a Medicina com excelência. A Medicina digna que o povo anseia. Que Deus os guie e os ilumine, para sempre fazer o bem e tomar a decisão certa em promover a saúde das pessoas que estarão sobre seus cuidados e que assim sejam felizes gostando do que fazem”.
“Temos de lembrar que essa turma é de desbravadores e que tem uma extrema importância para o curso de Medicina do CESMAC, uma vez que é a primeira. Foi com esses alunos que as portas foram se abrindo e hoje a graduação está entre as melhores e mais bem estruturadas. Tudo começou com uma turma de 100 estudantes, que numa parceria muito grande com a Instituição conseguiu chegar a essa conquista. E mesmo tendo acontecido de forma antecipada em termos de qualidade do trabalho nós temos muita certeza e confiança no corpo docente que temos e no esforço feito por cada um. Temos convicção de que esses médicos estão muito preparados para enfrentar os enormes desafios que estão postos e vão ajudar bastante na saúde de Alagoas e também de outros estados, pois temos alunos de diferentes origens.  Portanto, estamos muito felizes com a conclusão desse trabalho”, afirma o coordenador adjunto administrativo do curso, Prof. Dr. Marco Leal.
A formanda, agora médica, Anie Deomar Dalboni França, fala sobre a importância do curso e da área para sua vida. “Medicina foi um sonho que me acompanhou desde a infância e hoje se torna real. Dentre alguns anos de cursinho e até início de outro curso, o CESMAC apareceu como uma luz de algo que já parecia tão distante. Nosso primeiro dia de aula foi em 21 de julho de 2014, e esse foi o nome dado ao nosso tão sonhado Centro Acadêmico. Na inauguração ouvimos que era o dia do Garimpeiro, quem separa o ouro da terra, dia de quem precisa saber separar o que realmente importa. E é assim mesmo, fomos pioneiros, encontramos algumas dificuldades e foi na simplicidade que cheguei onde há tanto tempo almejava: ser médica. Hoje o sentimento é de que tudo valeu a pena e de muita gratidão por todas as pessoas que passaram por mim. Guardo na memória bons momentos vividos em sala de aula, no colegiado, no céu, nos ambulatórios e outros ambientes da faculdade. E para esses momentos terem acontecido foi preciso muito amor, dedicação e empenho de todos os coordenadores do curso, professores e funcionários. É com alegria no coração que digo que sou médica pela primeira turma de Medicina do CESMAC, declara.
Medicina CESMAC
A cerimônia da aula inaugural do curso de Medicina do CESMAC aconteceu na noite de 22 de julho de 2014, em solenidade realizada no Hotel Jatiúca, com a presença do Dr. Antonio Sproesser, PhD em Harvard School of Medicine, que passou pelo Presbiterian Institute, em Pittsburgh, entre outras instituições nos Estados Unidos, médico do Hospital Albert Einstein – São Paulo, participa semanalmente do Programa Hoje em Dia da TV Record, no quadro Você e o Doutor, ajudando a elucidar diagnósticos, ministrando palestra intitulada “A arte de exercer a Medicina”.
O Centro Universitário foi a primeira instituição particular de Alagoas a ofertar o curso de Medicina, tendo a criação aprovada em 2013 pelo Conselho Nacional de Saúde (MEC). O vestibular para a seleção dos novos alunos aconteceu entre os dias 17 e 18 de maio de 2014. No total, foram inscritos 2.200 participantes de todo o Brasil, desses, 100 compuseram a primeira turma do curso.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados