Casos distintos: Três adolescentes são estupradas dentro de casa e acusados presos

Estupradores foram presos no Pilar, Jacuípe e Paripueira

Casos distintos: Três adolescentes são estupradas dentro de casa e acusados presos

Estupradores foram presos no Pilar, Jacuípe e Paripueira

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 16 de abril de 2021
Categoria: Alagoas, Polícia | Tags: ,


Três homens foram presos acusados de estupro entre esta quarta-feira (14) e a quinta-feira (15) em Alagoas. As prisões foram registradas em Pilar, Jacuípe e Paripueira. As vítimas são adolescentes de 12, 13 e 14 anos, sendo duas meninas e um menino. Apenas um dos acusados tinha parentesco com a criança.

O primeiro caso aconteceu em Pilar e o acusado de 50 anos era padrasto da vítima, uma adolescente de 13 anos. Ele teve sua prisão preventiva decretada depois que a menina realizou uma denúncia no Centro Integrado de Operações (CISP). Um inquérito também foi aberto para apurar o caso, o que comprovou os abusos. 

“Inicialmente a vítima contou o caso para uma colega e esta levou ao conhecimento de adultos. Tão logo o caso foi denunciado para a polícia, demos celeridade ao inquérito e pedimos a prisão preventiva do acusado, que foi decretada pelo Poder Judiciário e cumprida nesta quarta-feira”, explicou o delegado Sidney Tenório que é responsável pelo caso.

De acordo com a vítima o padrasto estava a um tempo tentando força-la a manter relações sexuais com ele. O homem também teria aproveitado ocasiões em que a mãe da menina saia de casa para abusar da enteada. 

Jacuípe

Já em Jacuípe o caso aconteceu dentro de um abrigo para pessoas em situação de rua por causa da chuva. Tanto a vítima quanto o criminoso moravam no abrigo e o crime vinha acontecendo desde o ano passado. 

De acordo com a vítima, um adolescente de 14 anos, o homem o ameaçava com uma faca para praticar o estupro. As investigações começaram após denúncias e policiais da 10° DRP de Novo Lino passaram a monitorar o acusado, que foi preso durante a tarde desta quarta-feira (14).

“As operações na região de Novo Lino serão cada vez mais intensificadas, visando com isso diminuir a criminalidade na região e trazer mais tranquilidade à população dos sete municípios que compõem esta região”, disse o delegado Isaias Rodrigues.

Paripueira

O último caso ocorreu em Paripueira. O acusado, um homem de 74 anos, era vizinho da vítima, a adolescente de 12 anos. Além disso, o homem era amigo da tia da menina, motivo que ele utilizava para frequentar a casa da criança regularmente.

O abuso vinha acontecendo desde que a menina tinha nove anos e só foi descoberto depois que a menina foi à primeira consulta ginecológica, onde ela relatou tudo que estava acontecendo nos últimos três anos. 

Ele ameaçava a menina, dizendo que se ela contasse para alguém o que estava acontecendo revidaria, através do seu filho, que é um ex-presidiário. Após a polícia ser informada sobre o crime, um exame de conjunção carnal foi feito, o que comprovou os abusos.

“Foi decretada a prisão temporária do suspeito, ele foi ouvido e será encaminhado para o sistema prisional onde deve ficar recolhido até a conclusão do inquérito”, disse o chefe de operações do 13°DP Eutrópio Vilela.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados