Caso Rhaniel: Menino tinha sinais de violência sexual e estrangulamento

PC investiga o caso

Caso Rhaniel: Menino tinha sinais de violência sexual e estrangulamento

PC investiga o caso

Por Redação | Edição do dia 13 de maio de 2021
Categoria: Polícia | Tags: ,,,,


Rhaniel desapareceu no trajeto entre a sua casa e o reforço escolar (Foto: Arquivo Pessoal)

O corpo do menino de 10 anos que estava desaparecido e foi encontrado morto na manhã desta quinta (13) tinha indícios de abuso sexual e estrangulamento. A informação foi divulgada pelo delegado Fábio Costa, da DHPP, no início da tarde.

Segundo o delegado, as investigações preliminares apontam que Rhaniel foi estuprado.”Ao que tudo indica, o menino foi violentado sexualmente e teve seu corpo desovado em uma rua próxima a sua residência.”, disse Fábio Costa. De acordo com a polícia, o menino ainda teve o pescoço quebrado.

O caso está sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, através do delegado Bruno Emílio e sua equipe.

Informação foi divulgada pelo delegado em sua rede social. Foto: Reprodução/Instagram

O caso:

Rhaniel Pedro Laurentino da Silva, de 10 anos, estava desaparecido desde a manhã desta quarta-feira (12) quando saiu de casa para ir para a aula de reforço, e não foi mais visto. O menino nem sequer chegou ao destino e sua mãe divulgou sua foto nas redes sociais com intuito de achar a criança. Na manhã desta quinta-feira (13) o menino foi achado sem vida.

De acordo com Joelson Silva, tio de Rhaniel, a família estava em casa quando recebeu o telefonema de uma pessoa afirmando que estava caminhando quando encontrou o corpo de uma criança por trás da Rua Doutor Murilo Cardoso Santana, no Clima Bom.

“Passou um rapaz, ligou para a gente e disse que tinha uma criança jogada por trás da Limpel. Agora disse que a mãe dele tinha que ser forte. O corpo apresentava sangramento”, disse Joelson em uma entrevista a uma emissora de TV local.

Os familiares foram até o local e reconheceram Rhaniel. Ele foi deixado próximo a entulhos, entre uma calçada e um muro, coberto com um pano. A área foi isolada pela Polícia Militar (PM) que aguardava a chegada de mais parentes da criança.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados