Casal fornece 750 mil litros de água por hora para moradores de Rio Largo

Companhia opera na cidade três sistemas com captação em mananciais de superfície e nove poços; vídeos atestam qualidade do produto, confira abaixo

Casal fornece 750 mil litros de água por hora para moradores de Rio Largo

Companhia opera na cidade três sistemas com captação em mananciais de superfície e nove poços; vídeos atestam qualidade do produto, confira abaixo

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 25 de maio de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


Chega a 750 mil litros por hora o volume de água produzido pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) para atender à população de Rio Largo, na Região Metropolitana de Maceió. A empresa, por meio de sua Unidade de Negócio Leste, opera três sistemas de abastecimento na cidade e também nove poços tubulares profundos, que juntos fornecem água para mais de 70 mil moradores.

Jarbas Oiticia, Mata do Rolo e Tabuleiro do Pinto são os três sistemas operados pela Companhia que possuem captações em mananciais de superfície, ou seja, em barragens, açudes ou rios. A água bruta de cada um desses sistemas passa pela respectiva Estação de Tratamento de Água (ETA) antes de ser enviada à população.

Nesses locais, o líquido é tratado e passa por um processo de transformação para atender, desse modo, à portaria do Ministério da Saúde. Somente após o tratamento ele é distribuído à população.

Na ETA do Sistema Mata do Rolo, por exemplo, o tratamento é do tipo “ciclo completo”. No Sistema Tabuleiro do Pinto, a ETA possui filtração direta. Já na ETA do Sistema Jarbas Oiticia ocorre o processo de dupla filtração.

Após o tratamento, a água é analisada em laboratório próprio da Companhia para atestar a qualidade. No local são feitas de 200 a 300 análises por mês. Elas visam aferir parâmetros básicos, como cor, turbidez, ph e residual de cloro, como também fazem a aferição bacteriológica.

Em todo o município de Rio Largo, a Casal possui cadastradas e ativas mais de 25 mil ligações de água. Os técnicos da empresa ressaltam que, em períodos de chuva, os mananciais de superfície recebem areia e lama, o que, em algumas ocasiões, exige a captação em quantidade menor de líquido para fazer o tratamento. O objetivo é evitar a elevação da turbidez.

A Companhia também lembra que, ao menos a cada seis meses, os moradores devem fazer a limpeza das caixas de água de seus imóveis, pois nelas também se acumulam impurezas, o que pode alterar a aparência do líquido que chega às torneiras internas. Por isso, muitas vezes ao ligar as torneiras e perceber água com coloração diferente, é importante que o morador avalie sua própria caixa de água e faça a limpeza no período correto.

Para qualquer demanda relacionada à empresa, está disponível o telefone 0800 082 0195 (Call Center) e o Whatsapp 98139-9892.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados