Candidato a vereador por Marechal é conduzido à PF por suspeita de compra de voto

Candidato a vereador por Marechal é conduzido à PF por suspeita de compra de voto

Por Redação* | Edição do dia 12 de novembro de 2020
Categoria: Eleições 2020 | Tags: ,,,,,


Foto: Reprodução

O candidato a vereador por Marechal Deodoro, Nelson Ned, e sua esposa foram presos nesta quarta-feira, 11, pela acusação de compra de voto na região da Barra Nova. O casal foi encaminhado para a sede da Polícia Federal (PF), em Maceió.

De acordo com a polícia, os militares da 5ª Companhia Independente receberam a denúncia de que os ocupantes de um veículo modelo VW Gol, de cor branca, estariam comprando voto na região da Barra Nova.

Quando os militares chegaram ao local, por volta das 19h30, encontraram um carro com as mesmas características da denúncia e realizaram a abordagem. No veículo foram encontrados R$3.300 em espécie e santinhos de vários candidatos.

O candidato a vereador e os outros envolvidos foram conduzidos à sede da PF, para a adoção das medidas cabíveis.

Atalaia

Em Atalaia, populares denunciaram uma suposta compra de votos na casa do prefeito do município, Chico Vigário, no Distrito Santo Antônio.

A polícia foi acionada e vai averiguar a denúncia. O Tribunal Regional Eleitoral também foi acionado para esse caso.

*Com informações da Gazetaweb e Cada Minuto

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados