Campanhas vão conscientizar a população sobre hábitos para conter coronavírus em AL

Publicidade será transmitida na televisão, rádio, internet, redes sociais, sites de notícias e em locais de grande circulação de pessoas

Campanhas vão conscientizar a população sobre hábitos para conter coronavírus em AL

Publicidade será transmitida na televisão, rádio, internet, redes sociais, sites de notícias e em locais de grande circulação de pessoas

Por | Edição do dia 19 de março de 2020
Categoria: Notícias, Saúde | Tags: ,,


Ascom IZP

Ascom IZP

Duas campanhas de utilidade pública serão veiculadas pelo Governo de Alagoas, ainda esta semana, para alertar a população sobre os cuidados para evitar contaminação pelo novo coronavírus e quais procedimentos adotar no caso de surgimento dos primeiros sintomas. As campanhas serão transmitidas para todo o estado por meio de inserções na televisão, no rádio, na internet, nas redes sociais, nos sites de notícias da mídia tradicional e em locais de grande circulação de pessoas, como aeroporto e terminais rodoviários.

Segundo o governador Renan Filho (MDB), o objetivo é que as orientações alcancem o maior número possível de alagoanos, seja na capital ou municípios do interior. Para isso, a comunicação vai atacar em duas frentes.

“São campanhas que vão priorizar duas informações fundamentais: uma é para o cidadão de maneira individual se higienizar e garantir sua sanidade, e a não proliferação do vírus para outras pessoas, enquanto a segunda é sobre o fluxograma para as pessoas que apresentarem sintomas como tosse, coriza e dificuldade para respirar. Elas têm que ir para os postos de saúde e quem vai identificar se elas precisam ou não fazer o teste é o médico. Porque o profissional experiente e informado sobre tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo é quem vai dizer ‘Olha, a senhora tem todos os sintomas coincidentes de Covid-19 e é importante recolher aqui a amostra’”, explica o governador.

No material que será veiculado vai ser explicado, por exemplo, como funciona a logística para a realização de exames da Covid-19 e posterior divulgação dos resultados aos pacientes, sejam eles positivos ou negativos. “Recolhe-se a amostra na unidade de saúde, que pode ser um posto de saúde ou Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e ela é remetida ao Lacen (Laboratório Central de Alagoas), onde será submetida ao teste. O Lacen depois encaminha o resultado do exame à unidade de saúde. As pessoas não precisam ir ao Lacen; elas precisam ir para uma unidade básica de saúde ou uma UPA, e só irão para um hospital no caso dos sintomas se agravarem” adianta Renan Filho.

Ele explica que essa operação é necessária para que seja mantido o fluxo da saúde pública funcionando conforme determinam as autoridades da área, “para que a gente garanta o atendimento necessário para as pessoas”.

O secretário estadual de Comunicação, Enio Lins, explica que colocar as campanhas nas ruas também atende a uma deliberação do Comitê de Crise para Combate ao Coronavírus.

“A Secom está produzindo uma série de peças publicitárias para uma campanha massiva em relação ao coronavírus. Campanha de orientação para a prevenção, com dados como a pessoa pode e deve se comportar para a prevenção, que é a melhor defesa contra qualquer vírus, mas especialmente o coronavírus, que está preocupando o mundo. A campanha está em fase de produção, já encerrando. Inicialmente, as plataformas abordadas serão TV e rádio e, em seguida, todas as demais mídias também por formatos específicos para divulgar a mesma ideia: como se prevenir contra o coronavírus”, revela.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados