Caminhão atropela e arrasta motociclista até a morte na AL-220

Motorista do caminhão fugiu do local sem prestar socorro à vítima

Caminhão atropela e arrasta motociclista até a morte na AL-220

Motorista do caminhão fugiu do local sem prestar socorro à vítima

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 17 de março de 2021
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,


Foto: Assessoria

Um motociclista, identificado como José Roniel da Silva, morreu na manhã desta quarta-feira (17) depois que caiu da moto e foi atropelado e arrastado por um caminhão na AL-220 por 550 metros. O motorista do caminhão, que estava carregado de telha fugiu do local sem prestar socorro à vítima e até o momento não foi localizado.

Foto: Assessoria

O acidente aconteceu por volta das 6h nas proximidades do Atacadão, no Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. José Roniel seguia de motocicleta na Avenida Benjamim Freire de Amorim no sentido Centro/Massaranduba e o motorista do caminhão seguia sentido Coringa/Atacadão. Testemunhas disseram que ele ultrapassou o sinal vermelho.

Foto: Assessoria

Numa tentativa de parar a moto e dar passagem ao caminhão, José freou bruscamente a motocicleta e ao cair no meio da rodovia foi atropelado e arrastado por cerca de 550 metros. O motorista do caminhão só parou o veículo nas proximidades do Assaí, onde o causador do acidente fugiu do local sem prestar nenhum socorro à vítima, que morreu no local do acidente.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro a omissão de socorro, à vítima em acidentes de trânsito, tem penalidade de seis meses a um ano ou multa de R$ 1.467,35 podendo ainda ter a carteira suspensa, ou perder o direito de dirigir pelo de dois a oito meses, como está previsto no artigo 305. Se o condutor do veículo também tiver culpa no acidente ele pode responder por lesão corporal culposa ou homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados