Câmara de Vereadores será palco de ato contra título de cidadão a Bolsonaro

Movimentos sociais e partidos políticos de esquerda marcaram para tarde dessa terça-feira um protesto na porta do legislativo municipal

Câmara de Vereadores será palco de ato contra título de cidadão a Bolsonaro

Movimentos sociais e partidos políticos de esquerda marcaram para tarde dessa terça-feira um protesto na porta do legislativo municipal

Por Por Ricardo Rodrigues | Edição do dia 28 de junho de 2021
Categoria: Notícias, Política | Tags: ,,,


Entidades sindicais, estudantis, partidos políticos e movimentos sociais marcaram uma grande manifestação, para essa terça-feira à tarde, na porta da Câmara Municipal de Maceió, em protesto contra a aprovação do título de cidadão honorário maceioense ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

A mobilização está sendo organizada por partidos como o PT, PDT, PCdoB, PSol e Unidade Popular (UP); entidades como a Central Únicas dos Trabalhadores (CUT) e o DCE da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), além do “Movimento Caras Pintadas” e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral em Alagoas (MCCE).

Os manifestantes querem a revogação do Projeto de Lei do vereador Leonardo Dias (PSD), aprovado pela Câmara Municipal, na semana passada, dando a Bolsonaro o título de cidadão de Maceió. Para os ativistas de esquerda, a homenagem além de indevida e imoral, é ilegal, pois o vereador já tinha entregue ao presidente um título fake, quando da sua última visita a Maceió.

“A visita de Bolsonaro a Maceió foi coroada com um título fake de cidadão maceioense, entregue pelo vereador Leonardo Dias, antes mesmo da honraria ter sido aprovada pela Câmara de Maceió. Por isso, o projeto de lei pode ser anulado, já que havia sido concedido à revelia, antes mesmo de sua aprovação pelo plenário da Câmara”, comentou o presidente do PT de Maceió, Marcelo Nascimento.

NOTA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTRA O TÍTULO DE CIDADÃO A BOLSONARO

Após ter negado a vacina, boicotado os protocolos sanitários contra a COVID-19, incentivado o uso de medicamentos não eficazes contra a doença, promovido o negacionismo, o presidente Jair Bolsonaro contribuiu para as mais de meio milhão de mortes de brasileiros.

A Câmara Municipal de Maceió não respeitou a memória e nem o luto dessas famílias que perderam seus entes queridos para essa terrível doença. Envergonhando todos os maceioenses, aprovou a concessão de um título de cidadão honorário da nossa cidade para esse indivíduo que nunca contribuiu em nada para melhoria da nossa cidade.

Tal fato foi aprovado apenas para satisfazer o ego de um vereador que nem natural da nossa querida cidade é.

Em virtude disso, os movimentos sociais, sindicatos e partidos políticos convocam a população de Maceió, que se sentiu desrespeitada com ato vergonhoso realizado pelos senhores vereadores, a comparecerem na próxima terça-feira (29/06) à Câmara Municipal de Maceió, a partir das 14 horas, para participar de um ato de mobilização pela REVOGAÇÃO DO TÍTULO DE CIDADÃO MACEIOENSE A JAIR BOLSONARO.

É inadmissível que nós, maceioenses, cidadãos de bem, possamos compactuar com tamanho absurdo e falta de respeito para com o povo da nossa cidade e com as famílias enlutadas em virtude dessa pandemia que o presidente conduziu e ainda conduz de forma incompetente e irresponsável.
Por isso participe, vamos juntos nessa luta! (Favor usar máscara e álcool em gel)

PT;
DCE/UFAL;
MOVIMENTO DE COMBATE À CORRUPÇÃO ELEITORAL;
MOVIMENTO ESTUDANTIL CORRENTEZA;
PCdoB;
UP (UNIDADE POPULAR);
PDT;
MOVIMENTO CARAS PINTADAS;
PSOL;
CUT/AL;
MOVIMENTO UNIFICADO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE MACEIÓ;
FETAM/AL.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados