Câmara aprova iniciativa que pede doação de tablets para alunos acompanharem aulas virtuais

Vereadora pede ajuda financeira à bancada federal para Maceió reforçar combate ao Covid-19

Por Assessoria | Edição do dia 23 de abril de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,,,


Foto: Assessoria

Foram aprovados uma indicação e um requerimento, endereçados aos Executivos municipal e estadual, sugerindo que adquiram tablets, de forma emergencial, para que sejam doados aos estudantes das respectivas redes de ensino com o intuito de não prejudicar o ano letivo devido à pandemia da covid-19. Com atividades presenciais suspensas, as escolas públicas e particulares têm buscado diminuir o prejuízo pedagógico com aula virtual. As iniciativas são do vereador Siderlane Mendonça (PSB), apreciadas e votadas em sessão ordinária online realizada nesta quarta-feira (22). As sessões virtuais seguem até o próximo dia 5 de maio, segundo Ato n.º 6 da Mesa Diretora da Casa, publicado também nesta quarta-feira no Diário Oficial do Município.

“Há diversos prejuízos em todos os setores da nossa vida hoje em dia por conta da pandemia da covid-19, e entre as preocupações está o aprendizado e ano letivo em Maceió e no estado. As aulas estão sendo virtuais, mas é fato que há muito aluno carente e não tem computador, ou um tablet ou celular para poder acompanhar as atividades. Então, por meio de uma indicação e um requerimento, pedimos ao Executivo de Maceió e de Alagoas que possam providenciar equipamentos e doem, da maneira mais rápido possível, aos estudantes sem condições de adquirir um”, declarou o vereador.

Além das duas sugestões, na Ordem do Dia desta quarta-feira também constaram outros dois itens que foram aprovados pelos parlamentares: requerimento de Silvânia Barbosa (PRTB) e uma Moção de Pesar pela morte do ex-vereador Luiz Carlos da Silva, de autoria do vereador Ronaldo Luz (MDB).

BANCADA FEDERAL – A vereadora Silvania Barbosa (PRTB) teve aprovado na tarde desta quarta-feira (22) requerimento para envio de ofício à bancada federal e aos líderes do Senado, solicitando ajuda financeira no combate à Covid-19, em Maceió. Desde a semanada passada, a parlamentar se mostrou preocupada com a destinação dos recursos federais para Alagoas e concluiu que se o epicentro da doença no estado é a capital, então os recursos precisam ser melhor direcionados para Maceió.

Motivada pelo crescente número de casos suspeitos, confirmados e óbitos na capital, ela entende que Maceió precisa estar melhor aparelhada para combater a doença. Apesar de algumas ações anunciadas pelo própria Câmara de Maceió, pela Prefeitura e pelo Governo do Estado, Silvania Barbosa entende que o montante vindo de instâncias federais é mais substancial e deverá atender melhor a demanda.

“Temos cortado na própria carne e buscado realocação de verbas para ajudar no combate ao Coronavírus, mas com toda certeza o auxílio dos deputados federais e senadores é maior e de mais impacto. Maceió já vive no limite de arrecadação, com o funcionalismo público sem aumento de salários e unidades de saúde carentes, qualquer medida que tomemos é de impacto menor do que quando tomadas pelos de cima”, relatou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados