Calçadão do Centro de Maceió receberá manutenção

Ação conjunta entre Sudes e Seminfra visa limpeza e conserto de galerias

Calçadão do Centro de Maceió receberá manutenção

Ação conjunta entre Sudes e Seminfra visa limpeza e conserto de galerias

Por Assessoria | Edição do dia 27 de março de 2021
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,


Foto: Marco Antônio

Local de circulação intensa de pessoas, o Centro de Maceió passará por uma série de ações para melhorar a estrutura, oferecendo conforto e segurança para quem ali frequenta. Na próxima segunda-feira (29), em uma ação conjunta entre a Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) e a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), diversos serviços de manutenção serão levados para a região.

Para manter as ruas limpas e confortáveis para o cidadão, a Sudes fará a capinação e varrição da localidade. O órgão fará ainda uma desinfecção em áreas comuns e a instalação de 10 papeleiras. A fim de evitar o alagamento no período chuvoso, a Seminfra fará a desobstrução de galerias e a troca das tampas que estiverem quebradas ou que aparentarem desgaste.

“O Centro de Maceió merece toda a atenção possível de nós, pois é um local que gira um pedaço da economia da capital, com grande quantidade de lojistas e circulação de pessoas. Com tudo isso que iremos fazer, em parceria com a Seminfra, estamos levando segurança para que as pessoas que transitam na região possam andar sem ter o perigo de cair em alguma galeria danificada ou em um local com matos e resíduos espalhados, afirma Robert Wagner, Assessor Especial da Sudes.

Conforme explicou o secretário municipal de Infraestrutura, Nemer Ibrahim, a Seminfra produziu em torno de 60 novas tampas de galerias que serão destinadas ao calçadão do Centro.

“Desde que assumimos a pasta, a população cobra que a prefeitura realize intervenções no calçadão do Centro de Maceió. Atendendo ao pedido dos consumidores e lojistas, desenvolvemos esta ação, em conjunto com a Sudes, que proporcionará mais segurança aos pedestres que circulam pela região”, disse Ibrahim.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados