Caixa define oferta de serviços para Fernão Velho e região

Caixa define oferta de serviços para Fernão Velho e região

Por Assessoria | Edição do dia 3 de novembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags:


Está marcada para esta quinta-feira, 5, às 10h, a visita técnica que irá definir os locais adequados para instalação de correspondentes bancários que irão atender as comunidades de Fernão Velho, Rio Novo, ABC e Matadouro. A vistoria foi marcada após um grupo de voluntários identificarem a urgente necessidade de atendimentos a esses locais, desprovidos de agências bancárias ou casas lotéricas.

A advogada Valdjane Terto explica que reuniu um grupo de líderes eclesiásticos e empresários dessas localidades, que confirmaram a dificuldade dessa população situada na parte alta de Maceió no acesso à rede bancária e de serviços. “Nessa intermediação até chegar ao contato com a Caixa Econômica Federal (CEF), contamos com uma importante ajuda do gestor público Alan Balbino, que atuou como voz na intermediação com o órgão federal”, esclareceu Valdjane.

Segundo ela, desde o início do ano o grupo buscava uma aproximação com a instituição, iniciada com uma reunião com o gerente executivo de varejo da CEF, Tácio Pinheiro, e avançou na semana passada, na audiência com o superintendente da CEF em Alagoas, Francisco Holanda, quando houve uma exposição de motivos onde se definiu pela visita técnica essa semana. “É uma informação de grande importância porque Maceió tem bairros distantes do Centro da cidade, que não possuem bancos nem casa lotérica e, para aumentar as dificuldades, também ficam distantes das agências bancárias de outros bairros”, complementa Valdjane. “Sem dúvida é uma grande conquista para os moradores dessas regiões”, finaliza ela.

A visita desta quinta-feira será feita ao supermercado ABC, de Rio Novo, quando a equipe da instituição bancária irá estudar as condições para instalação da unidade de serviços. Na semana passada, durante uma reunião virtual com o superintendente geral de Rede da Caixa em Alagoas, Francisco Holanda, Alan Balbino reforçou os argumentos apresentados pela comunidade local. “A Caixa irá priorizar essa região já citada. O próximo passo é para apresentação dos documentos solicitados ao empreendimento que irá receber o correspondente bancário e, na sequência, a assinatura do contrato com a Caixa”, resumiu Balbino.

A medida aprovada pela CEF pode se estender a outros bairros com dificuldade idêntica, a exemplo de Riacho Doce, Ipioca e Pontal da Barra.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados