Cacimbinhas ganhará escola de ensino médio com capacidade para 800 alunos

Por Carol Amorim - Repórter | Edição do dia 11 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,


Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas

O governador de Alagoas, Renan Filho, assinou na manhã desta terça-feira, 11, a ordem de serviço para a construção de uma escola de ensino médio em Cacimbinhas. A escola contará com capacidade para 800 alunos e deve ficar pronta em 12 meses.

De acordo com o governador, a nova escola ampliará vagas e irá evitar deslocamentos dos estudantes de Cacimbinhas para outras cidades, como Santana do Ipanema.

“Com essa nova escola, o estudante estará perto de onde mora, não irá mais a Santana do Ipanema para estudar e não vai mais demandar a vaga de lá. Os alunos terão estudo com qualidade e isso irá ampliar e abrir oferta para ensino integral”, informou o governador.

Renan Filho ainda informou que mais escolas estaduais devem ser construídas em outras cidades de Alagoas.

“Em Rio largo temos uma pronta, foi inaugurada esses dias e vai ser construir outra. Iniciamos em Cacimbinhas, Junqueiro, Rio Largo, São Sebastião, Palmeira dos Índios. Vamos iniciar em Coité do Noia, Taquarana, Maragogi, Pilar, Jequiá, Roteiro. Isso é capacidade de investimento próprio da nossa educação”, contou.

Em setembro, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 será divulgado e o governador contou que espera que o Ideb do ensino médio em Alagoas possa estar entre os 10 melhores indicadores, para refletir as melhorias que o estado tem feito na educação.

“Alagoas era o último em todos os Idebs. No nosso primeiro ano passamos de 57º para 54º e em 2017 atingimos a 16ª posição. Agora, com o resultado da prova de 2019, a expectativa é de que Alagoas esteja entre os 10 melhores do ensino médio”, informou.

A assinatura da ordem de serviço para a construção da escola em Cacimbinhas foi realizada em solenidade no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, com a presença do governador do estado; da secretária de educação Laura Souza; do prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley; do vice-governador Luciano Barbosa e do deputado federal Isnaldo Bulhões.

A escola ficará em um terreno que foi comprado com recursos do município de Cacimbinhas e será dotada de 12 salas de aula, auditório, biblioteca, sala de informática, de grêmio e dos professores; além de laboratório, diretoria, coordenação, secretaria, refeitório, cozinha, banheiros, quadra coberta e campo society.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados