Braskem tem 10 dias para apresentar dados técnicos sobre tremor de terra

O prazo foi instituído em uma reunião com o Ministério Público Federal (MPF).

Braskem tem 10 dias para apresentar dados técnicos sobre tremor de terra

O prazo foi instituído em uma reunião com o Ministério Público Federal (MPF).

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 7 de maio de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,


Em dez dias a Braskem deve apresentar dados técnicos que irão auxiliar a descobrir o que causou o tremor de terra e o barulho escutado na parte alta de Maceió no dia 30 de abril. O prazo foi instituído em uma reunião com o Ministério Público Federal (MPF).

A intenção da petroquímica é desvincular esse tremor de terra da exploração de sal-gema na capital alagoana. Além de representantes do MPF e da Braskem, outras instituições participaram do encontro Como o Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBM/AL), a Defesa Civil do Município (DCM), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM).

Algumas medidas também foram definidas na reunião. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil vão trabalhar em conjunto para mapear toda a área da parte alta de Maceió em que o tremor de terra e o estrondo foram percebidos. Esses dados serão encaminhados, em no máximo quinze dias, para UFRN, MPF e para UFPE.

A Braskem também deverá viabilizar em tempo real o acesso aos dados da rede de microssísmica, instalada pela Fugro, para os órgãos envolvidos no monitoramento. Dados da rede sismológica do TC2 também deverão ser fornecidos. Os prazos para encaminhamento dos dados devem ser informados pela petroquímica até segunda-feira (10).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados