Brasil vence no masculino, mas fica com a prata no feminino, pelo Sul-Centro Americano de Beach Handball

Seleção masculina venceu por 2 sets a 0 e a feminina perdeu, por 2 sets a 1; Colocações garantem vagas no Mundial da Grécia e no Word Games, no Alabama

Brasil vence no masculino, mas fica com a prata no feminino, pelo Sul-Centro Americano de Beach Handball

Seleção masculina venceu por 2 sets a 0 e a feminina perdeu, por 2 sets a 1; Colocações garantem vagas no Mundial da Grécia e no Word Games, no Alabama

Por Assessoria | Edição do dia 13 de abril de 2022
Categoria: Esportes, Outros Esportes | Tags: ,,


A Seleção masculina do Brasil foi a grande campeã do Sul-Centro Americano de Beach Handball ao bater a Argentina por 2 sets a 0, parciais de 23 x 20 e 18 x 17, enquanto a feminina acabou sendo derrotada no Shoot-out, set desempate, por 2 sets a 1, parciais de 15 x 10, 17 x 16 e 10 x 11.

Foto: Reprodução/Itawi Albuquerque/

Com os resultados, a Seleção feminina garantiu vaga para o Mundial da modalidade, que será realizado em julho, na Ilha de Creta, na Grécia, mas por não ter sido campeã, quem vai ao Word Games, realizado, também no segundo semestre, no estado Americano do Alabama é a Argentina.

Foto: Reprodução/Itawi Albuquerque/

Por ser o atual campeão do Mundo, a Seleção brasileira masculina já tinha vaga assegurada no Mundial da Grécia, bem como já tinha vaga assegurada no Word Games, por ser o atual campeão do Sul-Centro Americano.

Foto: Reprodução/Itawi Albuquerque/

O jogador Bruninho, especialista da Seleção brasileira, é paraibano e contou da emoção que sentiu ao disputar a competição tão perto de casa. “É um sentimento muito bom, que eu sou paraibano, de João Pessoa, jogar um campeonato desse nível, no Nordeste do Brasil, é muito gratificante e emocionante”, comentou.

Outras vagas conquistadas:

Ao término do Sul-Centro, garantiram vaga no Mundial na Grécia, pelo masculino, além do Brasil, a Argentina, vice-campeã, Equador e Uruguai, terceiro e quarto lugar, respectivamente. No jogo, os uruguaios levaram a melhor e venceram os equatorianos por 2 Sets a 0: 18 x 14 e 17 x 12.

Já no feminino, além de Brasil e Argentina, o Uruguai ficou com a terceira vaga, ao vencer o Chile, por 2 sets a 0 na disputa de terceiro lugar. As parciais foram de 14 x 12 e 26 x 14.

Seleção do Campeonato:

Depois da cerimônia de premiação, foi eleita a seleção do Sul-Centro Americano. Pelo masculino, melhor goleiro: Alejo Novillo (ARG), melhor defensor: Marcelo Tuller (BRA), melhor lateral direito: Santino (ARG), melhor lateral esquerdo: Nahuel Batista (ARG), melhor pivô: Gil Pires (BRA), melhor Especialista: Bruno Carlos Oliveira (BRA). O artilheiro foi Carlos LIanes (PAR), com 86 gols e o melhor jogador do campeonato, André Simões (BRA).
Já no feminino, ficou assim: melhor goleira: Ingrid Frazão (BRA), melhor defensora: Jessica Barros (BRA), melhor lateral direita: Agustina Mirotta (ARG), melhor lateral esquerda: Nathalie Sousa (BRA), melhor pivô: Gisella Bonomi (ARG), melhor Especialista: Milena Dos Anjos (BRA). A artilheira foi : María García (URU), com 86 gols e a melhor jogadora do campeonato: Agustina Mirotta (ARG).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados