Botafogo vence o Vila Nova e cola no G-4 da Série B; Ponte Preta bate o Brusque

Botafogo vence o Vila Nova e cola no G-4 da Série B; Ponte Preta bate o Brusque

Por Redação com Ascom CBF | Edição do dia 23 de agosto de 2021
Categoria: Esportes


Quatro jogos movimentaram a 20ª rodada da Série B durante este domingo (22). Jogando no Nilton Santos, o Botafogo derrotou o Vila Nova por 3 a 2. Enquanto em Campinas aPonte Preta levou a melhor diante do Brusque. Nos outros dois jogos do dia, dois empates: Goiás e Sampaio Corrêa ficaram no 2 a 2. E Londrina e Brasil-RS não saíram do 0 a 0. Veja como foi:

+Confira a tabela da Série B!

Botafogo 3 x 2 Vila Nova
Mandante da partida, o Botafogo tomou conta do jogo no primeiro tempo e teve 100% de aproveitamento nas finalizações até os 20 minutos. Na primeira tentativa da equipe carioca, Chay aproveitou cruzamento de Pedro Castro, testou firme, a bola ainda bateu na trave e no goleiro Georgemy antes de morrer no fundo das redes, aos três minutos. Insistindo no ataque, o Glorioso chegou ao segundo, depois de boa jogada de Hugo pelo lado esquerdo, que achou Rafael Navarro livre dentro da área para ampliar o marcador. Do outro lado, o Vila Nova só foi incomodar a defesa adversária nos minutos antes do intervalo nas finalizações de Dudu e Alan Grafite.

No segundo tempo, o Tigre melhorou e foi para cima. Renato Silveira parou no goleiro adversário e Arthur Rezende passou perto. Mas, aos 13 minutos, o time da casa voltou a marcar em cobrança de pênalti de Diego Gonçalves: 3 a 0. Na resposta rápida, o Vila Nova diminuiu, aos 19, com Clayton. Tentando frear a reação colorada, o Botafogo assustou com Warley e Pedro Castro. Só que, aos 46, Rafael Donato aproveitou cobrança de escanteio para anotar o segundo dos visitantes: 3 a 2. E o empate só não veio, porque a trave salvou a equipe carioca nas finalizações de Dudu e Kelvin.

Passado o susto final e com a vitória garantida, o Glorioso pôde comemorar o resultado, que deixa a equipe carioca na cola do G-4, com 32 pontos. Já o Vila Nova tem 19 e entrou na zona de rebaixamento.

Goiás 2 x 2 Sampaio Corrêa
Brigando na parte de cima da tabela, as equipes protagonizaram um jogo bem disputado em Goiânia. Antes da bola encontrar as redes pela primeira vez, Nadson assustou para o Sampaio, enquanto Elvis tentou para o Goiás. Até que, aos 17, Nadson teve mais uma oportunidade e com um toque sutil por cima do goleiro abriu a contagem para os visitantes. Mas a vantagem tricolor não durou mais de dez minutos, porque, aos 26, Nicolas aproveitou cobrança de escanteio para deixar tudo igual no marcador. Nos minutos seguintes, o equilíbrio seguiu ditando o ritmo do jogo.

Depois do intervalo, a história do jogo mudou pouco. Mas dessa vez, foi o time da casa que marcou primeiro. Aos 17 minutos, Dadá Belmonte fez o levantamento na área e Apodi completou de peito para colocar o Goiás na frente. E, já aos 29, Nadson, de cabeça, após cruzamento de Pimentinha deu números finais ao confronto.

Com o empate, o Goiás chegou aos 35 pontos e aparece na terceira posição. Já o Sampaio é o sétimo colocado, com 31 pontos.

Londrina 0 x 0 Brasil-RS 
O primeiro tempo foi de poucas chances e muita marcação no Estádio do Café. No entanto, depois do intervalo, as equipes aceleraram o ritmo do jogo e criaram boas chances para abrir a contagem. Netto, aos três minutos, tentou para o Brasil-RS, mas carimbou a trave. Na sequência, o time da casa respondeu com Alisson Safira e Gegê, antes dos 15 minutos. Com mais volume no ataque, o Tubarão chegou mais duas vezes com Safira, em uma delas, Matheus Nogueira defendeu a cobrança de pênalti do camisa 7. Já aos 39, foi a vez de Júnior Pirambu arriscar para o Londrina e Nogueira de novo salvou o Xavante. Depois dos 40 minutos, mais uma oportunidade para cada lado: Rildo quase marcou para os visitantes, enquanto novamente Júnior Pirambu assustou para a equipe paranaense. Porém, foi a 0 a 0 que prevaleceu até o apito final.

A igualdade deixa o Londrina com 20 pontos e na 16ª colocação. Enquanto o Brasil-RS segue na lanterna, com 13 pontos.

Ponte Preta 3 x 0 Brusque
O jogo começou com as duas equipes buscando o ataque. Nonato e Garcez tentaram para o Brusque, enquanto Cleylton e Moisés assustaram. E, já aos 26, Rodrigão aproveitou cobrança de escanteio para abrir a contagem para os donos da casa. Correndo atrás do prejuízo, o Quadricolor levou perigo novamente com Garcez. Porém, foi mais uma vez a Ponte Preta que encontrou o caminho das redes. Aos 37, Fessin pegou uma sobra na área para fazer 2 a 0.

Depois do intervalo, o Brusque teve boas chances para diminuir o prejuízo antes dos dez minutos, mas Rodolfo Potiguar, Garcez e Thiago Alagoano esbarraram tanto na trave quanto no goleiro Ivan. Nos minutos seguintes, o jogo esfriou. Até que, aos 32, Moisés, de pênalti, ampliou para o time da casa. Aos 38, Thiago Alagoano ainda tentou uma última vez para o Quadricolor, mas de novo Ivan salvou a Ponte e garantiu o 3 a 0 no Moisés Lucarelli.

Com a vitória em casa, a equipe paulista pulou para a 15ª posição, com 22 pontos. Já o Brusque tem 25 e ocupa o 13º lugar da Série B.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados