Botafogo vence Atlético-MG, que perde a liderança do Brasileiro

Equipe do argentino Sampaoli sofre primeiro revés na competição

Por Agência Brasil | Edição do dia 20 de agosto de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Nacional


O Botafogo venceu o Atlético-MG por 2 a 1 nesta quinta-feira (19) no estádio Nilton Santos e levou a equipe comandada pelo técnico argentino Jorge Sampaoli a seu primeiro revés na atual edição do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota do Galo no jogo da quarta rodada da competição, a liderança foi assumida pelo Internacional, que tem os mesmos nove pontos conquistados dos mineiros, mas que está melhor no critério de saldo de gols, cinco contra três.

Mesmo sendo o mandante do jogo, o Botafogo preferiu adotar uma postura reativa diante de um adversário de maior qualidade técnica. O time do técnico Paulo Autuori se fechou atrás e, sempre que surgia a chance, partia em velocidade no contra-ataque.

E foi justamente desta forma que a equipe carioca construiu seu triunfo. Ainda no primeiro tempo, o Botafogo abriu o marcador aos 25 minutos quando Luis Henrique partiu em velocidade pela esquerda, se livrou de um adversário com um corte seco e bateu forte para o meio da área, onde Luiz Henrique apenas escorou para vencer o goleiro Rafael.

O 2 a 0 veio no segundo tempo, já aos 41 minutos. Após boa trama com Bruno Nazário, Matheus Babi cruzou para o volante Caio Alexandre, que chegou de carrinho para marcar.

Porém, nos acréscimos da partida o Galo conseguiu descontar com o zagueiro Igor Rabelo. Primeira vitória do Glorioso, que fez o Atlético-MG perder a liderança do Brasileiro.

Triunfo do Corinthians

Quem também venceu em casa foi o Corinthians, que superou o Coritiba por 3 a 1. Na partida realizada na arena da equipe paulista o time paranaense ficou com um jogador a menos logo aos 15 minutos de partida, quando Yan Sasse deu uma cotovelada em Araos.

Aos 28 minutos o Corinthians tem a chance de abrir o marcador, quando Jô cobra pênalti marcado de forma duvidosa. O centroavante chuta, mas o goleiro Wilson pega. O juiz manda voltar, e o arqueiro volta a defender chute do atacante.

Mas, com um homem a mais, o time paulista continuou pressionando, e abriu o placar ainda no primeiro tempo, aos 37 minutos, com Léo Natel.

Porém, cinco minutos depois o Coritiba ensaia uma reação, quando Sassá marcou ao escorar cruzamento de Willian Matheus.

No entanto, o time paulista tomou conta da partida na etapa final e conseguiu virar com gols de Jô, aos 3 minutos, e de Gustavo Mosquito, aos 41.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados