Bolsonaro teve 11 encontros oficiais com senador do dinheiro na cueca

Chico Rodrigues era vice-líder Foi 1 dos mais recebidos pelo PR Contagem desde janeiro de 2019

Por Poder 360 | Edição do dia 15 de outubro de 2020
Categoria: Notícias, Política | Tags: ,


Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro decidiu afastar o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) da Vice-Liderança do Governo no Senado. Flagrado com dinheiro escondido na cueca, Chico desempenhava a função desde março de 2019. Ele e Bolsonaro estiveram juntos em encontros oficiais no Planalto em 11 ocasiões, sendo 6 no ano passado e 5 em 2020.

O agora ex-vice-líder está na lista dos 10 senadores que mais se encontraram com o presidente neste ano (até setembro). Os 3 primeiros são: Davi Alcolumbre (DEM), presidente do Senado (14); Eduardo Gomes (MDB), líder do Governo no Congresso (14); e Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do Governo no Senado (12).

O afastamento de Chico Rodrigues da Vice-liderança do Governo no Senado foi publicado nesta 5ª feira (15.out.2020) no Diário Oficial da União. Eis a íntegra (57 KB).

Em atenção ao pedido do senhor senador Francisco de Assis Rodrigues, solicito providências para a sua dispensa da função de Vice-Líder do Governo no Senado Federal”, disse a Presidência.

Rodrigues foi 1 dos alvos da operação deflagrada para investigar desvios de recursos destinados à Secretaria de Saúde de Roraima para o combate à pandemia. O cumprimento dos mandados de busca e apreensão foi autorizado pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso.

A Polícia Federal apreendeu, nesta 4ª feira (14.out.2020), dinheiro vivo dentro da cueca de Rodrigues. Havia notas entre suas nádegas.

O senador foi indicado ao cargo pelo presidente Jair Bolsonaro em 13 de março de 2019, conforme publicação no Diário Oficial da União (íntegra – 60 KB). Bolsonaro afirmou, na manhã desta 5ª feira (15.out), que não vê constrangimento algum ao seu governo com a operação contra Chico.

A operação de ontem é fator de orgulho para o meu governo […] e não isso que a imprensa tá falando agora, que eu tenho a ver com essa corrupção. […] Então esse caso aí é mais uma mentira da imprensa que quer desqualificar o meu governo a todo tempo”, afirmou.

Em vídeos antigos, o presidente já apareceu elogiando Chico Rodrigues. Num deles, afirmou que tem “quase união estável“ com o senador.

A assessoria de Chico Rodrigues afirmou, em nota, que o congressista não teve envolvimento em qualquer irregularidade. Disse ainda acreditar na Justiça e esperar que “se houver algum culpado, que seja punido nos rigores da lei”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados