Boletim da Saúde confirma casos de microcefalia em Maceió

Boletim da Saúde confirma casos de microcefalia em Maceió

Por | Edição do dia 5 de maio de 2016
Categoria: Notícias, Saúde | Tags:


O boletim da Coordenação de Vigilância Epidemiológica ligada à Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aponta que até 3 de maio foram recebidos 76 casos suspeitos de microcefalia por infecção pelo Zika Vírus. Desse total, 35 foram descartados, 36 estão sob investigação e 5 casos foram confirmados. Não houve registro de óbito.

microcefalia

Microcefalia é uma doença que deixa a cabeça e o cérebro da criança menores que o normal (Foto: internet)

O boletim traz dados da dengue, febre chikungunya e Zika vírus relativos à 16ª Semana Epidemiológica (SE) preconizada pelo Ministério da Saúde e corresponde ao período de 17 a 23 de abril deste ano.

No caso de dengue, o boletim aponta um registro de 1.547 casos notificados de dengue. No mesmo período do ano passado foram notificados 885 casos. A análise por Distrito Sanitário da capital demonstra que o 2º distrito teve maior incidência de registros, com 144,77casos/100 mil habitantes. Entre os bairros que mais se destacam estão Pajuçara, Pontal da Barra e Centro.

Em 2016 foram notificados 19 casos graves. Destes, um foi confirmado como dengue grave, caso ocorrido no Tabuleiro;  um foi descartado; e 15 estão sob investigação.  Foram confirmados seis casos de dengue com sinal de alarme nos bairros Gruta de Lourdes, Serraria, Benedito Bentes, Cidade Universitária e Santa Lúcia. Até agora foram notificados seis óbitos suspeitos de dengue, um descartado e os outros 15 estão sob investigação.

Até a SE 16 deste ano, foram notificados 515 casos de febre chikungunya. Destes, 47 foram confirmados por laboratório, 222 por critério clínico-epidemiológico e os demais estão sob observação. Na mesma SE de 2014, dos 12 casos notificados, todos foram descartados. Em 2015 dos 61 notificados, 11 foram confirmados e 50 descartados.

Já o Zika vírus, até essa 16ª SE foram notificados 2.622 casos suspeitos, destes, 24 são de gestantes. Desse total, foram confirmados 51 casos por exame laboratorial e 683 por critério clínico epidemiológico. Com relação ao mesmo período de 2015, foram notificados 3.928, confirmando 15 por exame laboratorial e 3.910 por critério clínico epidemiológico.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados