Beyoncé e discurso de ator de “Grey’s Anatomy” roubam a cena no BET Awards

Beyoncé e discurso de ator de “Grey’s Anatomy” roubam a cena no BET Awards

Por | Edição do dia 27 de junho de 2016
Categoria: Cultura | Tags: ,,,,


Beyoncé surpreendeu a todos neste domingo (26) ao abrir o BET Awards, evento que premia anualmente personalidades afro-americanos, com uma canção simbólica, “Freedom”, do seu novo álbum “Lemonade”, lançado há dois meses. A artista fez uma aparição surpresa, já que não estava entre os nomes confirmados para se apresentar na premiação.

LOS ANGELES, CA - JUNE 26:  Singer Beyonce (L) and rapper Kendrick Lamar perform onstage during the 2016 BET Awards at the Microsoft Theater on June 26, 2016 in Los Angeles, California.  (Photo by Paras Griffin/BET/Getty Images for BET)

“Eu vou andar sobre a água até que a maré não se mova”, cantou Beyoncé em sua entrada, enquanto seus dançarinos espirravam água na cantora em uma estrutura que também é usada na sua turnê “Formation”.

Beyoncé usou o cabelo trançado, uma roupa transparente com franjas pretas e saiu do evento com os principais prêmios musicais, como melhor artista feminina de pop e R&B. O poderoso clipe de “Formation”, que causou polêmica nos Estados Unidos pela referência direta aos Panteras Negras, foi escolhido como vídeo do ano.

Kendrick Lamar, que assina a canção com Beyoncé, também participou da performance. Assim que o rapper entrou no palco, chamas surgiram. Ao final da apresentação, com forte referência a luta contra o racismo e a violência policial sofrida pelos negros, Beyoncé e Lamar jogaram água no público eufórico.

Em sua 16ª edição, o BET Awards aconteceu no Teatro Microsoft, em Los Angeles, e ainda teria como destaque o discurso emocionado de Jesse Williams. O ator da série “Grey’s Anatomy” venceu o Prêmio Humanitário do BET por seu ativismo e fez com que a premiação seguisse com o tom político.

Em outubro de 2014, ele se juntou aos protestos do movimento Black Lives Matter, que explodiu após o assassinato do jovem Michael Brown em Ferguson, e meses depois, com o presidente Barack Obama.

Jesse negou que o prêmio fosse para ele. “É para os organizadores reais de todo o país, os ativistas, os advogados de diretos civis, os pais que lutam, as famílias, os professores e os alunos que estão percebendo que o sistema construído para dividir, empobrecer e destruir-nos não pode continuar”, disse.
Pedindo igualdade de direitos e justiça, ele completou: “Este prêmio também é para as mulheres negras, em participar, as que passaram sua vida nitrindo todos antes de si mesmas”.

E mandou um recado: “Se você não tem interesse em igualdade de direitos para os negros então não faça sugestões para isto: Fique sentado”.

Mais tarde, o ator Samuel L. Jackson disse que não tinha ouvido um discurso parecido desde a década de 1960.

Tributo ao Prince

O esperado tributo ao cantor Prince se desdobrou em muitas homenagens durante a noite. De Erikah Badu, que interpretou “The Ballad of Dorothy Parker”, a Stevie Wonder e Tori Kelly, com “Take me With U”, as homenagens contaram com a banda The Roots no palco e ovação na plateia – diferente da homenagem feita por Madonna ao músico no Billboard Awards.

O tributo seguiu com Jennifer Hudson com um trecho do megahit, “Purple Rain”, Maxwell com “Nothing Compares 2 U”, e Janelle Monae com medley de “Delirious” e “Kiss”. O cantor D’Angelo, talvez um dos artistas que mais carrega o DNA. de Prince, não apareceu como planejado e deixou para que a baterista e amiga do cantor, Sheila E, encerrasse sozinha a apresentação.

Melhor artista feminina Pop/R&B

Beyonce (Vencedora)
Adele
Andra Day
K. Michelle
Rihanna

Melhor artista masculino Pop/R&B

Bryson Tiller (Vencedor)
Chris Brown
Jeremih
The Weeknd
Tyrese

Melhor Grupo

Drake & Future (Vencedor)
2 Chainz & Lil Wayne
Puff Daddy & the Family
Rae Sremmurd
The Internet

Melhor Colaboração

Rihanna ft. Drake – “Work” (Vencedor)
Big Sean ft. Chris Brown & Ty Dolla $ign – “Play No Games”
Big Sean ft. Kanye West & John Legend – “One Man Can Change the World”
Future ft. Drake – “Where Ya At”
Nicki Minaj ft. Beyonce – “Feeling Myself”

Melhor artista Hip-Hop

Drake (Vencedor)
Fetty Wap
Future
J. Cole
Kanye West
Kendrick Lamar

Melhor Artista Feminina de Hip Hop

Nicki Minaj (Vencedora)
Dej Loaf
Lil Kim
Missy Elliott
Remy Ma

Vídeo do Ano

Beyonce – “Formation” (Vencedora)
Bryson Tiller – “Don’t”
Drake – “Hotline Bling”
Kendrick Lamar – “Alright”
Rihanna ft. Drake – “Work”

Revelação

Bryson Tiller (Vencedor)
Alessia Cara
Andra Day
Kehlani
Tory Lanez

Melhor atriz

Taraji P. Henson (Vencedora)
Gabrielle Union
Kerry Washington
Tracee Ellis Ross
Viola Davis

Melhor Ator

Michael B. Jordan (Vencedor)
Anthony Anderson
Courtney B. Vance
Idris Elba
O’Shea Jackson Jr.

YoungStars (prêmio para atores jovens)

Amandla Stenberg (Vencedora)
Quvenzhane Wallis
Silento
Willow Smith
Yara Shahidi

Melhor Filme

Straight Outta Compton – A História de N.W.A. (Vencedor)
Beasts of No Nation
Concussion
Creed
Dope

Escolha do público

Beyonce – “Formation” (Vencedora)
Bryson Tiller – “Don’t”
Chris Brown – “Back to Sleep”
Drake – “Hotline Bling”
Future ft. Drake – “Where Ya At”
Rihanna ft. Drake – “Work”

Prêmio Centric

Beyonce – “Formation” (Vencedora)
Andra Day – “Rise Up”
K. Michelle – “Not a Little Bit”
Rihanna – “BBHMM”
The Internet – “Under Control”

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados