Beneficiários do BPC têm novo prazo para inscrição no CadÚnico

Usuários que não atualizam cadastro há mais de dois anos também devem comparecer às unidades de atendimento

Beneficiários do BPC têm novo prazo para inscrição no CadÚnico

Usuários que não atualizam cadastro há mais de dois anos também devem comparecer às unidades de atendimento

Por Assessoria | Edição do dia 28 de outubro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,


Os maceioenses do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que ainda não fizeram sua inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) agora têm uma nova oportunidade para se regularizar, evitando a suspensão do auxílio. A Portaria nº 686, de 25 de outubro de 2021, do Ministério da Cidadania, suspendeu a retomada do cronograma de bloqueio de pagamentos e de suspensão de benefícios. Agora, os usuários têm até 30 de março de 2022.

Em Maceió, 2.305 beneficiários ainda não fizeram a inscrição no CadÚnico. Foto: Ascom Semas.

Desde 2016, todos os contemplados pelo BPC precisam estar inscritos no Cadastro Único. Em Maceió, mais de 32 mil pessoas recebem o benefício. Dessas, 13.395 ainda precisam fazer atualização cadastral e 2.305 sequer se inscreveram.

Segundo a assistente social, Mariele dos Santos, os beneficiários do BPC que também estão há mais de dois anos sem fazer a atualização cadastral devem procurar, o quanto antes, os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), o Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa) ou a sede do CadÚnico. E, com isso, evitar a perda do benefício ou ter o mesmo bloqueado. “Antes de se dirigirem a essas unidades os usuários podem ligar e agendar um horário para seu atendimento”, explicou a técnica de referência do BPC.

O CadÚnico

Estar no CadÚnico permite que os beneficiários e suas famílias sejam conhecidos pela Assistência Social, tenham suas necessidades atendidas pelas ofertas da rede socioassistencial e, ainda, sejam alcançados por outras políticas, como de moradia, trabalho, geração de renda, educação, entre outras.

O BPC

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é pago a idosos com mais de 65 anos e deficientes de baixa renda. O auxílio equivale a um salário mínimo por mês (R$ 1.100).

Unidades de atendimento

Cadastro Único – Atendimento presencial e por agendamento das 8h às 16h. A sede fica na Avenida Menino Marcelo, s/n, Serraria – (82) 3312-5924/98882-8257/98882-8212.

Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa) – Atendimento presencial das 8h às 16h. Travessa Calabar, 90, Prado – (82) 3312- 5928.

Centros de Referência de Assistência Social (Cras) – Atendimento presencial e por agendamento das 8h às 16h.
– Cras Área Lagunar (Prado) – 3312 5945

– Cras Bebedouro – 98752 2224

– Cras Bela Vista (Sítio São Jorge) – 3312 5947

– Cras Bom Parto – 3312-5948

– Cras Cacilda Sampaio (Vergel do Lago) – 3312-5949

– Cras Cidade Sorriso (Benedito Bentes) – 98752 2233

– Cras Clima Bom – 3312-5951

– Cras Denisson Menezes – 98752 2240

– Cras Dom Adelmo (Prado) – 3312-5953

– Cras Fernão Velho – 98752 2243

– Cras Pitanguinha – 3312-5955

– Cras Rio Novo – 3312-5956

– Cras Santos Dumont – 98752 2250

– Cras Selma Bandeira (Benedito Bentes) – 3312-5958

– Cras Sônia Sampaio (Jacintinho) – 98752-2252

– Cras Terezinha Normande (Conj. José da Silva Peixoto) – 3312-5960

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados