Bebê que levou tiro no ventre pode ter salvado vida da mãe

A equipe médica da unidade de saúde acredita que o bebê conteve o percurso da bala

Por | Edição do dia 7 de julho de 2017
Categoria: Brasil, Notícias | Tags: ,,,,


O bebê Arthur nem nasceu, mas já pode ser considerado um vitorioso, segundo médicos do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. A criança, atingida por um tiro no ventre da mãe, Claudineia dos Santos, na última sexta-feira (30), na comunidade do Lixão, em Duque de Caxias, pode ter salvado a vida da mulher.

“Podemos já considerar o bebê um guerreiro, um vitorioso. Ele é muito forte”, disse, ao Extra, Eduardo de Macedo Soares, coordenador médico da UTI Neonatal do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes Soares. A equipe médica da unidade de saúde acredita que o bebê conteve o percurso da bala.

De acordo com o coordenador de Neurologia, Vinícius Mansur Zogbi, o bebê ainda corre risco de nascer paraplégico. A bala que atingiu o bebê, detalhou Zogbi, passou de raspão pela cabeça, feriu uma das orelhas, atingiu a clavícula, perfurou os dois pulmões e atingiu a coluna cervical.

“Foi feita uma laminectomia descompressiva, uma cirurgia de descompressão da medula para que o órgão se recupere mais rapidamente”, disse Zogbi.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados