Bebê de 1 ano morre em incêndio na zona rural de Joaquim Gomes

Por Redação* | Edição do dia 18 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


Foto: Cortesia para o JG Notícias

Um bebê de 1 ano e dois meses, do sexo feminino, morreu em um incêndio na noite desta segunda-feira, 17, na região da Fazenda Cobras, nas terras indígenas da Aldeia Wassu Cocal, zona rural de Joaquim Gomes. O acidente aconteceu oito dias após um incêndio também ter matado um bebê em outra região da cidade.

Segundo informações do Portal JG Notícias, a mãe da criança teria a deixado sozinha na casa, por alguns minutos, para ir até a casa da vó da criança, que fica nas proximidades, para preparar a comida do bebê. Na casa onde o acidente aconteceu não tinha energia elétrica e, por isso, a mãe teve que se deslocar.

Momentos depois, chamas começaram a tomar conta da casa. A mãe e os vizinhos tentaram apagar o fogo para salvar o bebê, mas não foi possível ele ser resgatado com vida. A casa era de taipa e coberta por palha, o que facilitou para que as chamas se alastrassem.

Testemunhas ainda informaram que o motivo do incêndio é desconhecido, já que a casa não tinha energia elétrica e nem tochas acessas.

O Corpo de Bombeiros informou que o órgão não foi acionado para a emergência, mas que tomou conhecido do acidente neste terça.

Logo após o acidente, estiveram no local equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal (IML).

Segundo a Perícia Oficial, o perito criminal do Instituto de Criminalística de Alagoas Clisney Onema já começou a trabalhar na preparação do laudo do incêndio. Ele afirmou que a hipótese de curto-circuito foi descartada devido a falta de energia elétrica na casa. E ele também informou que analisa agora tudo o que foi levantado no local para definir o que teria provocado o incêndio e onde teria se inciado.

O corpo da criança está no IML de Maceió e como está em estado avançado de carbonização, só poderá ser liberado após exame de DNA para confirmar a identidade da vítima.

 

 

*Com informações do JG Notícias.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados