Aulas presenciais da rede de ensino público e privado continuam suspensas em AL

Medida segue o decreto governamental até o dia 5 de maio, com o intuito de frear a disseminação do novo coronavírus

Aulas presenciais da rede de ensino público e privado continuam suspensas em AL

Medida segue o decreto governamental até o dia 5 de maio, com o intuito de frear a disseminação do novo coronavírus

Por Redação | Edição do dia 22 de abril de 2020
Categoria: Educação, Notícias | Tags: ,,


Foto: Divulgação/Seduc

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou na manhã desta quarta-feira (22) uma nota confirmando que as aulas presenciais nas escolas, faculdades e universidade públicas e privadas de Alagoas vão continuar suspensas até o dia 5 de maio, em combate à disseminação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A medida foi adotada como uma forma de frear a propagação do vírus, visto que é com circulação de pessoas e aglomeração que a população pode ser infectada.

Com a nova prorrogação do decreto emergencial do Governo de Alagoas, publicado no Diário Oficial na edição do dia 20 de abril, Alagoas vai continuar com estabelecimentos não essenciais fechados, com algumas restrições para alguns tipo de comércio no estado.

Entretanto, mesmo com a suspensão das aulas, o Regime Especial de Atividades escolares não presenciais na rede estadual de ensino vão continuar funcionando.

“Permanecem suspensas as aulas nas escolas, faculdades e universidades públicas e privadas de Alagoas até o dia 05 de maio. A medida, determinada pelo Governo de Alagoas em virtude da pandemia da Covid-19, foi publicada no dia 20 de abril no Diário Oficial do Estado, por meio do Decreto 69.700. As aulas não presenciais na rede estadual de ensino seguem conforme estabelece o Regime Especial de Atividades Escolares Não Presenciais nas Unidades de Ensino da Rede Pública Estadual de Alagoas publicado no dia 07 de abril. O documento orienta como as atividades escolares devem ser realizadas nesse período de quarentena e está disponível para consulta no site da Seduc”, comunicou a secretaria.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados