Ato pró-bolsonaro causa aglomeração e impede vacinação de idosos em Maceió

Prefeito JHC se pronuncia sobre manifestação

Ato pró-bolsonaro causa aglomeração e impede vacinação de idosos em Maceió

Prefeito JHC se pronuncia sobre manifestação

Por Redação* | Edição do dia 14 de março de 2021
Categoria: Maceió, Notícias, Política


O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB) — o JHC —, chamou de “absurda” a manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e contra governadores e STF (Supremo Tribunal Federal), na manhã de hoje, que causou aglomeração no local e na entrada para idosos em um dos principais pontos de vacinação contra a covid-19 na capital alagoana.

Ele se pronunciou nas redes sociais na tarde após o encontro. Veja:

 

JHC ainda reforça: “A vacina é o único caminho para vencermos o Coronavírus. Repudio qualquer ato que impeça o maceioense de receber as doses. A Prefeitura está cumprindo seu papel, vacinando de domingo a domingo. Não vamos deixar que a vida da população fique em risco por conta de uma manifestação descabida. Nossa prioridade é preservar vidas e retomar a economia, o que só é possível com a imunização.”.

O prefeito disse ainda que o mais lamentável foi o fato de que “teve vereador patrocinando e marcando o ato que impediu a vacinação neste domingo em Jaraguá”. O prefeito não citou nominalmente quem teria sido o membro do legislativo que realizou essas ações.

Mesmo assim, por meio de sua assessoria de imprensa, o vereador por Maceió Leonardo Dias (PSD), afirmou que não foi o idealizador ou mesmo o organizador do ato. Segundo ele, o que fez foi publicar banners de chamamento para o ato, mas na condição de cidadão.

O ato foi organizado por seis movimentos de extrema direita no estado e teve concentração por volta das 9h, no estacionamento do Jaraguá, bairro histórico de Maceió.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados