Bom Dia!, Sábado - 7 de Dezembro de 2019

 

Ataques fazem Recife promover ‘I Simpósio do Tubarão’

Redação com Assessoria / 5:24 - 10/05/2017


Placas na praia de Boa Viagem (Foto: Herton Escobar/Estadão)

Placas na praia de Boa Viagem (Foto: Herton Escobar/Estadão)

A incidência dos ataques de tubarão nas praias urbanas do Recife motivaram a capital do estado vizinho a discutir o assunto de forma séria e organizada. Nesta quinta-feira (10), será realizada a primeira edição do Simpósio do Tubarão, um evento para tratar das ocorrências e também como prevenir e prestar primeiros socorros para vítimas, reunindo especialistas do Corpo de Bombeiros, Instituto Médico Legal (IML) e também da Medicina.

O evento foi idealizado pelo Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) em parceria com o Centro Universitário Maurício de Nassau. O local do Simpósio será “emblemático”: no campus da Uninassau Boa Viagem, praia famosa pelos ataques de tubarões a banhistas.

Com o tema “O que você sabe sobre ataques de tubarões?”, a programação fará um panorama dos ataques em Recife e espécies mais comuns que habitam a costa da capital pernambucana. Assuntos como a prevenção e os primeiros socorros em casos de mordidas também serão explorados.

os debates contarão com as contribuições do Coronel Bastos, presidente do Cemit; Tenente Coronel Ferraz, do Corpo de Bombeiros do Estado de Pernambuco; Aníbal Aguiar, médico legista; Jonas Eugênio, pesquisador na área de pesca; e Sarah Kobayashi, gerente do IML.

“Vamos contar com a presença de grandes nomes especializados no ataque do tubarão e nos assuntos que permeiam este tema para promover um espaço de discussão rico em conhecimento e experiência. Nós temos certeza que tudo o que será discutido aqui será muito proveitoso para os estudantes e interessados que comparecerem”, comenta Geovanna Cabral, coordenadora adjunta do curso de Medicina da UNINASSAU.

O evento é promovido, ainda, pela International Federation of Medical Students’ Association (IFMSA) da UNINASSAU em parceira com o Cemit.


Comentar usando