As polêmicas de Neymar, Zezé Di Camargo e Luana Piovani

Os três costumam protagonizar momentos marcantes de vergonha alheia, ainda mais quando tudo acontece na mesma semana

As polêmicas de Neymar, Zezé Di Camargo e Luana Piovani

Os três costumam protagonizar momentos marcantes de vergonha alheia, ainda mais quando tudo acontece na mesma semana

Por Antonio Pereira | Edição do dia 13 de julho de 2021
Categoria: Opiniões | Tags: ,,,,,,,,,,


O noticiário de celebridades está quente como as águas das praias alagoanas durante o verão nordestino. A semana que passou juntou no mesmo balaio os polêmicos, Neymar Jr., Zezé Di Camargo e a ‘lacradora’ Luana Piovani.

O nosso ‘garoto’ prodígio do esporte abre com chave de ouro ao chorar na derrota para a Argentina na final da Copa América. Nosso ‘herói’ chamou todos nós na chincha ao cobrar patriotismo. Logo ele que é acusado de sonegação fiscal e de balançar as partes de um certo presidente sempre que pode. Logo ele que deu inúmeras declarações em apoio a políticos de direita, em especial o ex-candidato a presidente Aécio Neves e o atual presidente, Jair Bolsonaro.

Neymar cobra orgulho verde e amarelo diante de uma montanha de mortos. Diante de um país devastado por um governo que ele ajudou a eleger e que está destruindo completamente a economia e a imagem do Brasil mundo a fora.

O jogador da seleção brasileira tem a pachorra de cobrar patriotismo, como se isso fosse algo inerente aos torcedores da CBF. A cobrança dele acontece quando é realizada uma competição de futebol em solo brasileiro ao mesmo tempo que estamos na fase mais aguda da doença. Sabe-se agora que a realização da Copa América foi responsável por instalar no país uma nova cepa da doença, trazida pelas delegações estrangeiras que participaram da competição.

Como se não bastasse toda essa desgraça, o ‘garoto’ Neymar chorou para as câmeras e depois gargalhou ao lado do principal jogador da seleção adversária, como se nada tivesse acontecido. Duas cenas de um mesmo personagem. Eita que o Brasil não cansa nunca de passar vergonha.

As baixarias do Zezé

Outro que sacudiu o mundo das celebridades foi o cantor sertanejo Zezé Di Camargo, um dos maiores apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Como sempre, Zezé trouxe às manchetes sua relação conturbada com a ex-mulher, Zilu, eternizada no filme ‘Dois Filhos de Francisco’. No filme, Zilu aparece como a pessoas responsável por colocar comida na mesa quando o cantor não tinha nenhum sucesso. A ex-mulher de Zezé, como muitas mulheres, sustentava sozinha a casa.

Esquecendo esse passado ‘heroico’ da ex-esposa, Zezé partiu para a zombaria, ao gravar um pronunciamento em uma rede social, se vangloriando de ter ganho uma ação contra ela, aparentemente sobre a partilha de uma fazenda. Em ato contínuo o sertanejo jogou, mais uma vez, a mãe da maioria dos seus filhos no limbo das redes sociais, humilhando-a tristemente.

Antes desse episódio da ação judicial ganha, Zezé tinha protagonizado uma treta com o apresentador da Record, Rodrigo Faro, acusando-o de ‘vender até a mãe’ por audiência.

Luana Piovani e a vergonha alheia

A atriz Luana Piovani é uma veterana em matéria de vergonha alheia nas redes sociais. Com ares de lacração, a artista vive postando indiretas, críticas e outras coisas contra o ex-marido, o surfista Pedro Scooby. A mais recente teve a ver com a relação dele como o filho. Piovani nos disse que o ex-marido ‘não ligava’ do garoto tirar notas baixas. Não que tenham sido notas abaixo da média, mas abaixo da expectativa de Piovani, que fique claro.

Como relatar fatos corriqueiros da vida virou meio de vida para algumas celebridades, Luana segue seu itinerário, sempre tendo Scooby como protagonista, pintando-o como um péssimo pai, negligente e ausente.

Luana também tem tiradas políticas ou perto disso, quando da vez que ela ‘nos ensinou’ como não usar máscara de proteção da Covid em Paris. Ela gravou um vídeo mostrando que bastava comprar um sorvete, que estaríamos livres da obrigação de usar máscaras. Ela fez esse vídeo achando que iria dar uma super dica, mas acabou mostrando que é uma nonsense (linguagem, dito, arrazoado etc. desprovido de significação ou coerência; absurdo, disparate).

Pelo menos uma coisa Luana se diferencia de Neymar e Zezé, ela não apoia as inomináveis aberrações do governo Bolsonaro. Recentemente, a atriz abriu para seus seguidores uma caixinha de perguntas no Instagram, onde revelou que torce pelo impeachment de Bolsonaro.

Visite minhas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/toinhopereira

Instagram – https://www.instagram.com/toinho_pereira0748/

Twitter – https://twitter.com/antoniotoinho07

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados