As estratégias e armadilhas da “indústria” da multa de trânsito em Maceió

As estratégias e armadilhas da “indústria” da multa de trânsito em Maceió

Por | Edição do dia 6 de julho de 2016
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,


Que tal uma indústria que não polui o meio ambiente? Que não explora seus trabalhadores? Um sonho de consumo para qualquer cidade que quer crescer. Para a população, então! Seria perfeito, se o alvo dessa indústria não fosse a própria população. O tema refere-se à “indústria” da multa de trânsito que atua em Maceió. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é rigoroso e, por si só, já gera muitas multas legais para os condutores de veículos. Ou seja, não haveria a necessidade de artimanhas nem armadilhas para pegar o motorista infrator de Maceió.

Neste “post” vai apenas um resumo do que a próxima edição de O DIA ALAGOAS trará sobre a “Indústria da Multa de Trânsito em Maceió”.

Na SMTT há ranking dos agentes que mais multam em Maceió?

– Sim. De forma secreta, a lista com os carrascos do trânsito é atualizada a cada três meses.

O que o agente ganha multando tanto?

– Dependendo da “produção”, ele é beneficiado com folga. Descansa mais quem multa mais.

Como multar tanto se o agente de trânsito só passa pelos carros?

– A viatura da SMTT passa devagar e o “carrasco” vai anotando placas e modelo do carro irregular, num caderninho. Em casa, sossegado, ela passa tudo para um Smartphone conectado ao sistema da SMTT e manda tudo via Internet. Num bolo só.

Isso é legal?

– Pode até ser legal, mas é imoral. O agente deve executar as suas funções no momento de infração e, preferencialmente, que deixe no vidro do carro irregular, a via da SMTT comunicando a infração. Mas, como se trata de “indústria”, neste caso, a produção seria comprometida.

Então, o mesmo carro pode ser multado várias vezes no mesmo lugar?

– Sim. Porque o agente passa, anota as placas e vai embora. Depois pode vir outra equipe e fazer a mesma coisa…e outra.. e outra.

Há agente que multam pelo WhatsApp?

– Claro. Um caso desses está sendo apurado pela própria SMTT. Um amigo de um agente de trânsito verificou a situação irregular de um carro na orla, fez a fotografia pelo celular e a enviou para o amigo carrasco. De casa, num domingo, e de folga, o gente aplicou a multa pelo Smartphone.

É verdade que existe um grupo na SMTT chamado de Coração de Pedra?

– Isso é tão verdadeiro quanto o dia e a noite. São agentes que não aceitam nenhum argumento, nem contestação do motorista que se distraiu ou cometeu a infração por consciência. Eles não conversam com ninguém. Por isso, têm o “coração de pedra”, ou não têm coração.

One thought on “As estratégias e armadilhas da “indústria” da multa de trânsito em Maceió”

  1. hyago gomes disse:

    A smtt realmente multa sem render o infrator real da situação, sei que existe a transferência de pontuação mas isso é desleal, a bptran age de maneira mais coerente e se obter uma boa justificativa eles liberam sem aplicar a multa, digo isso pois parei em um lugar proibido de parar ou estacionar e fui levar minha avó que tem mta dificuldade de se locomover dai ela já tinha entrado na clinica e eu ja ia sair quando o guarda me abordou e disse que ia aplicar a multa, expliquei a ele a situação e no momento que ele começou a pedir documento do carro e habilitação dai minha avó já vinha pq n tinha médico ai ele disse pode ir, ai ainda disse você ta fazendo seu trabalho e ele disse mas pode ir. Agradeci muito.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados