Bom Dia!, Sábado - 18 de Janeiro de 2020

 

Arte Pajuçara lança mostra retrospectiva de filmes que marcaram 2019

Agenda A / 11:49 - 08/01/2020

“Fôlego” é a iniciativa do Centro Cultural Arte Pajuçara de exibir filmes que não costumam ficar em cartaz por muito tempo no circuito comercial. Ingresso estará por R$5.


Cartaz de divulgação da Mostra retrospectiva "Fôlego", criada pelo Centro Cultural Arte Pajuçara. / Reprodução: Instagram

Cartaz de divulgação da Mostra retrospectiva “Fôlego”, criada pelo Centro Cultural Arte Pajuçara. / Reprodução: Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Criar uma iniciativa que possibilite a exibição de filmes que não são tão vistos no cinema comercial por um preço acessível ao público. É o que o Centro Cultural Arte Pajuçara, localizado na Pajuçara, está fazendo ao idealizar o projeto “Fôlego”, que tem como objetivo estimular o maior número de pessoas a assistir produções audiovisuais que marcaram o ano de 2019.

A mostra retrospectiva vai acontecer do dia 13 a 16 de janeiro (segunda a quinta-feira da semana que vem), com ingresso no valor R$5. No total serão 16 filmes de diversas nacionalidades, e que foram transmitidos nas telas do Arte Pajuçara no ano passado.

Entre as produções internacionais, serão reexibidos longas como os com produção sueca e dinamarquesa “Border” e “Rainha de Copas”, os franceses “A Revolução em Paris” e “Varda por Agnés”, o italiano-francês Dogman, o coreano Parasita (que acabou de levar o Globo de Ouro de melhor filme em língua estrangeira), o polonês “Guerra Fria” e a produção israelense, francesa e alemã Synonymes (vencedora do prêmio de Melhor Filme no Festival de Berlim de 2019).

Entre as produções nacionais, entra em cartaz na mostra uma seleção instigante de filmes como o thriller “Bacurau” (de Kleber Mendonça e Juliano Dornelles, que levou o prêmio do júri do Festival de Cannes), a ficção científica “Divino Amor” (de Gabriel Mascaro, selecionado no Festival de Miami), o drama LGBT “Greta” (com atuação premiada de Marco Nanini), o thriller-drama mineiro “No Coração do Mundo” (de Gabriel Martins e Maurílio Martins, com a atriz Grace Passô), o documentário rodado em Toritama, agreste de Pernambuco, “Estou me guardando para quando o Carnaval Chegar”, o filme brasileiro indicado para a seleção do Oscar “Vida Invisível” e o drama “Marés”, selecionado para o 51º Festival de Brasília, dirigido pelo alagoano João Paulo Procópio.

 

Confira abaixo programação completa:

 

Dia 13/01 – segunda-feira

14h30 – A VIDA INVISÍVEL

Direção: Karim Aïnouz
Elenco: Carol Duarte, Julia Stockler, Gregório Duvivier dentre outros
Gêneros: Drama, Romance
Nacionalidades: Brasil, Alemanha
Seleção Oficial – Festival de Cannes
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Rio de Janeiro, década de 1940. Eurídice (Carol Duarte) é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida (Julia Stockler) é sua irmã mais velha, e o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor com Antenor (Gregório Duvivier).

17h00 – BORDER

Direção: Ali Abbasi
Elenco: Eva Melander, Eero Milonoff, Jörgen Thorsson dentre outros
Gênero: Drama, Fantasia
Nacionalidades: Suécia, Dinamarca
Seleção oficial da Mostra “Um Certo Olhar”, do Festival de Cannes de 2018.
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Tina (Eva Melander) é uma policial que trabalha no aeroporto fiscalizando bagagens e passageiros. Depois de ser atingida por um raio na infância, ela desenvolveu uma espécie de sexto sentido, fazendo com que seja capaz de “ler as pessoas” apenas pelo o olhar. Isso sempre representou uma vantagem na sua profissão, mas tudo muda quando ela identifica um criminoso em potencial e não consegue achar provas para justificar sua intuição. Após o episódio, ela passa a questionar seu dom, ao mesmo tempo em que fica obcecada em descobrir qual o verdadeiro segredo de Vore (Eero Milonoff), seu único suspeito não legitimado.

19h00 – SÓCRATES

Direção: Alex Moratto
Elenco: Christian Malheiros, Tales Ordakji, Caio Martinez Pacheco dentre outros
Gênero: Drama
Nacionalidade: Brasil
Selecionado para a  42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo.
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Depois da morte de sua mãe, o jovem Sócrates (Christian Malheiros), que foi criado apenas por ela durante os últimos tempos, precisa fazer tudo o que for possível para que consiga sobreviver na realidade da miséria, somado com o preconceito por ser homossexual. Seus valores e ideais são colocados na balança com o medo de não conseguir se virar sozinho.

20h30 – DOGMAN

Direção: Matteo Garrone
Elenco: Marcello Fonte, Edoardo Pesce, Adamo Dionisi dentre outros
Gêneros: Policial, Drama
Nacionalidades: Itália, França
Filme selecionado para a Festa do Cinema Italiano de 2018
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Marcello (Marcello Fonte), um humilde funcionário  da petshop “Dogman”, localizada na periferia de Roma, se envolveu em um dos piores crimes já registrados na história da Itália. Dominado por um sentimento de vingança incontrolável, ele decidiu torturar, durante horas, um ex boxeador que atormentava todos os moradores do bairro em que vivia.

 

Dia 14/01 – terça-feira  

14h25 – PARASITA Globo de Ouro – Filme Estrangeiro

Direção: Joon-ho Bong
Elenco: Kang-Ho Song, Woo-sik Choi, Park So-Dam dentre outros
Gênero: Suspense
Nacionalidade: Coréia Do Sul
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos.

16h45 – ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO CARNAVAL CHEGAR
Selecionado para a Mostra Panorama do 69º Festival de Berlim.

Direção: Marcelo Gomes
Elenco: atores desconhecidos
Gênero: Documentário
Nacionalidade: Brasil
Não recomendado para menores de 10 anos

Sinopse: Na cidade de Toritama, considerada um centro ativo do capitalismo local, mais de 20 milhões de jeans são produzidas anualmente em fábricas caseiras. Orgulhosos de serem os próprios chefes, os proprietários destas fábricas trabalham sem parar em todas as épocas do ano, exceto o carnaval: quando chega a semana de folga eles vendem tudo que acumularam e descansam em praias paradisíacas.

18h20–  A REVOLUÇÃO EM PARIS

Direção: Pierre Schoeller
Elenco: Gaspard Ulliel, Adèle Haenel, Olivier Gourmet dentre outros
Gêneros: Drama, Histórico
Nacionalidade: França
Filme de maior público do Festival Varilux
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Em 1789, o povo francês se mostra cada vez mais descontente com o rei Luís XVI. Homens e mulheres clamam que o monarca abandone o luxo do palácio de Versalhes para descobrir a miséria pelas ruas de Paris. Juntos, eles vão à Assembleia Nacional para fazer pressão em nome de uma revolução. Com as lutas nas ruas e a queda da Bastilha, surgem as condições para o nascimento da República francesa.

20h20 – GRETA

Direção: Armando Praça
Elenco: Marco Nanini, Démick Lopes, Denise Weinberg dentre outros
Gêner: Drama
Nacionalidade: Brasil
Selecionado para a Mostra Panorama do 69º Festival de Berlim.
Não recomendado para menores de 18 anos

Sinopse: Pedro (Marco Nanini) é um enfermeiro de 70 anos que trabalha em um hospital público de Fortaleza. Sua melhor amiga é Daniela (Denise Weinberg), artista transexual que enfrenta graves problemas de saúde. Quando ela precisa ser internada, mas não encontra leito disponível, Pedro sequestra um paciente recém-chegado, Jean (Démick Lopes), e o abriga em sua casa. Inicialmente, o enfermeiro tem medo do rapaz agressivo, que se esconde da polícia por ter assassinado um homem a facadas. Depois, nasce entre eles uma relação de cumplicidade e afeto.

 

Dia 15/01 quarta-feira

14h40 – SYNONYMES
Urso de Ouro – Melhor Filme Festival de Berlim

Direção: Nadav Lapid
Elenco: Tom Mercier, Louise Chevillotte, Quentin Dolmaire
Gênero: Drama
Nacionalidades: França, Israel, Alemanha
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Yoav (Quentin Dolmaire) é um adolescente israelense que foge de seu país e parte para a França, onde vive em Paris enquanto esconde a sua identidade. Determinado a extinguir suas origens, seu principal companheiro é um dicionário de francês-hebreu.

16h50 – DIVINO AMOR
Seleção Oficial – Festival de Miami

Direção: Gabriel Mascaro
Elenco: Dira Paes, Júlio Machado, Teca Pereira, dentre outros
Gênero: Drama
Nacionalidades: Brasil, Uruguai, Dinamarca, Noruega, Chile, Suécia, França
Não recomendado para menores de 18 anos

Sinopse: Joana (Dira Paes) trabalha como escrivã em um cartório e, profundamente religiosa e devota à ideia da fidelidade conjugal, sempre tenta demover os casais que volta e meia surgem pedindo o divórcio. Tal situação sempre a deixa à espera de algum reconhecimento, pelos esforços feitos. Entretanto, a situação muda quando ela própria enfrenta uma crise em seu casamento.

18h40 – GUERRA FRIA

Direção: Pawel Pawlikowski
Elenco: Joanna Kulig, Tomasz Kot, Borys Szyc dentre outros
Gênero: Drama, Romance
Nacionalidades: Polônia, Reino Unido, França
Selecionado para competir no Festival de Cannes 2018
Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Durante a Guerra Fria entre a Polônia stalinista e a Paris boêmia dos anos 50, um músico amante da liberdade e uma jovem cantora com histórias e temperamentos completamente diferentes vivem um amor impossível.   20h10 – BACURAU Direção: Kleber Mendonça Filho, Juliano Dornelles Elenco: Sônia Braga, Udo Kier, Barbara Colen mais Gêneros Drama, Suspense Nacionalidades Brasil, França Prêmio do Júri – Festival de Cannes Não recomendado para menores de 16 anos Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez.

 

Dia 16/01 – quinta-feira  

14h30 – VARDA POR AGNÉS

Direção: Agnès Varda
Elenco: Agnès Varda
Gênero: Documentário
Nacionalidade: França
Selecionado para a mostra World premiere da 69ª edição do Festival de Berlim.
Não recomendado para menores de 12 anos

Sinopse: De mãe da Nouvelle Vague a ícone feminista, a diretora francesa Agnès Varda expõe seus processos de criação e revela sua experiência com o fazer cinematográfico. A cineasta dá um enfoque especial no método de storytelling que ela denomina de “cine-writing”, uma espécie de fórmula utilisada por ela na grande maioria de seus documentários e ficções.

16h40 – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Direção: Gabriel Martins, Maurilio Martins
Elenco: Kelly Crifer, Leo Pyrata, Grace Passô dentre outros
Gênero: Drama
Nacionalidade: Brasil
Com a atriz vencedora do Festival de Brasília 2018 (Grace Passô)
Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Contagem, Minas Gerais. Dentro da comunidade local, Marcos (Leo Pyrata) se vira diariamente com os pequenos crimes que comete. Quando reencontra Selma (Grace Passô), uma antiga amiga, ele se convence da possibilidade de executar um assalto bem-sucedido. Mas o plano só pode ser colocado em prática com a ajuda de uma terceira pessoa, e Ana (Kelly Crifer), namorada de Marcos, hesita em participar.

18h50 – MARÉS

Direção: João Paulo Procópio
Elenco: Lourinelson Vladmir, Julieta Zarza, Sérgio Sartorio dentre outros
Gênero: Drama
Nacionalidade: Brasil
Selecionado para a Mostra Brasília do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
Não recomendado para menores de 16 anos Valdo

Sinopse: (Lourinelson Vladmir) é um fotógrafo muito talentoso que está se separando de esposa, Clara (Julieta Zarza), com quem tem uma filha de três anos. Depois de anos negligenciando o alcoolismo em sua vida, ele se vê em uma situação muito arriscada e percebe que dar continuidade a essa condição significa perder a guarda da filha que tanto ama.

20h20 – RAINHA DE COPAS

Direção: May el-Toukhy
Elenco: Trine Dyrholm, Gustav Lindh, Magnus Krepper mais
Gênero: Drama
Nacionalidades: Dinamarca, Suécia
Selecionado para a mostra Next, do Sundance Film Festival de 2019.
Não recomendado para menores de 18 anos

Sinopse: Anne é uma advogada do direito das crianças e dos adolescentes. Acostumada com lidar com jovens complicados, ela não tem muitas dificuldades para estreitar laços com seu enteado Gustav, filho do primeiro casamento de seu marido Peter que acaba de se mudar para sua casa. No entanto, a relação que deveria ser paternal se torna uma relação romântica, envolvendo Anna em uma situação complexa, arriscando a estabilidade tanto de sua vida pessoal quanto profissional.


Comentar usando