Arte e paisagismo levam beleza a espaços públicos de Maceió

No Murilópolis, pintura do passeio foi concluída esta semana e encanta quem passa pelo local

Arte e paisagismo levam beleza a espaços públicos de Maceió

No Murilópolis, pintura do passeio foi concluída esta semana e encanta quem passa pelo local

Por Assessoria | Edição do dia 8 de janeiro de 2022
Categoria: Maceió | Tags: ,,


Pequenas intervenções que fazem grandes diferenças para os moradores vêm sendo realizadas em espaços públicos de Maceió que, aos poucos, ganham destaque, cores e mais beleza. Também conhecida como “acupuntura urbana”, por remeter à terapia milenar chinesa, as ações de pintura artística e paisagismo estão mudando canteiros, mirantes e passeios, como é o caso do Murilópolis, na Serraria, que foi finalizado esta semana.

Foram 1.200 metros de calçada do canteiro central que receberam cores e formas pensados pela artista Ana Maia Nobre e já encantam quem passeia por lá. Além dessa intervenção, foram pintados outros 700 metros quadrados em outras áreas pela cidade.

Passeio do Murilópolis ganhou mais cores com intervenção artística. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió.

A Prefeitura de Maceió já promoveu mudanças no totem “Eu Amo Maceió”, na Ponta Verde, com a artista Yara Pão; na orla de Cruz das Almas, com as esculturas de tartarugas marinhas feitas pelo artista Persivaldo Figueirôa; no Mirante da Sereia e na bifurcação das Avenidas Gustavo Paiva com a João Davino (em execução), com pinturas de Chico Simas, Wado e Suel Damasceno; e na bifurcação das Avenidas Dona Constança e Comendador Leão, onde foi feito um jardim.

Todos esses lugares foram identificados e selecionados pela Gerência da Zeladoria Municipal, coordenada pela Secretaria Executiva do Gabinete do Prefeito, que vai continuar com o trabalho pelos bairros da capital.

“Nosso trabalho é fazer uma espécie de vistoria rotineira e definir onde podemos realizar essas microintervenções. São medidas que trazem a sensação de pertencimento e apropriação dos espaços públicos, seguindo um pouco a metodologia do que é feito há anos em Medelín, na Colômbia”, afirmou o gerente da Zeladoria, Fábio Palmeira.

No encontro das avenidas Comendador Leão e Dona Constança, ele explica que foi criado um jardim onde era uma “zona morta”, uma área de prisma asfaltada. “Retiramos o asfalto, deixamos no barro, entramos com plantas nativas e um paisagismo diferente, e toda a água da chuva agora cai ali, o que acaba melhorando também o lençol freático”, detalha.

Com os primeiros resultados positivos, a Gerência busca, agora, pontos na parte alta de Maceió para receber as intervenções que vão tornar, pouco a pouco, toda a cidade mais bonita.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados