Aprovado projeto que considera o “Caldinho de Capela” patrimônio cultural imaterial de Alagoas

A iguaria foi criada pelo alagoano Newton Melo Bastos

Por Assessoria | Edição do dia 11 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Nide Lins

Com 20 deputados presentes na sessão desta terça-feira, 11, o plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) discutiu e votou 15 matérias que estavam na Ordem do Dia, dentre elas, o projeto de lei ordinária nº 293/2020, de autoria do deputado Inácio Loiola (PDT), que considera como patrimônio cultural imaterial do Estado de Alagoas a iguaria regional e tradicional “Caldinho de Capela”.

O caldinho foi criado pelo alagoano Newton Melo Bastos, no município de Capela.

“São caldinhos preciosos, que transformam um singelo bar em ponto de encontro dos capelenses e dos ilustres turistas, que aterrissam por lá só para saborear os deliciosos caldinhos (feijão, galinha ou misto – galinha e feijão), com mais de 38 anos de história do seu Newton e sua esposa”, destacou Inácio Loiola.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados