Após ser diagnosticado com covid-19 recém-nascido de quatro dias morre em SP

Segundo informações do Hospital Unimed, onde ocorreu a morte, o bebê nasceu saudável

Após ser diagnosticado com covid-19 recém-nascido de quatro dias morre em SP

Segundo informações do Hospital Unimed, onde ocorreu a morte, o bebê nasceu saudável

Por UOL | Edição do dia 16 de março de 2021
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,


Foto: Reprodução/ Instagram

Um recém-nascido morreu após contrair coronavírus ainda na maternidade, quatro dias após o nascimento. O caso aconteceu anteontem, em Rio Claro (SP), que fica a 173 km da capital paulista. A morte foi confirmada pela prefeitura da cidade e apareceu no Boletim Epidemiológico de ontem. Segundo informações do Hospital Unimed, onde ocorreu a morte, o bebê nasceu saudável.

O parto aconteceu na quarta-feira (10), após uma gravidez saudável da mãe da criança e que não apresentava riscos. Ela deu à luz através de uma cesariana e postou nas redes sociais que a criança nasceu com saúde.

“Nosso amado filho nasceu na última quarta-feira, 10/03/2021, às 10h09, lindo, perfeito, saudável, com todos os exames pré-natais feitos”, disse ela, em publicação nas redes sociais.

Após algum tempo saudável, o bebê começou a apresentar sintomas que chamaram a atenção da equipe médica, que fez o teste de covid-19, com o resultado positivo. O recém-nascido foi transferido da maternidade para uma UTI-covid infantil, onde permaneceu até anteontem, quando não resistiu às complicações.

Pelas redes sociais, a mãe publicou um forte desabafo contando o que houve. “Após o parto nosso filho foi para o quarto conosco, fofo e saudável já procurou o peito para se alimentar, ficou mais uns minutos com a gente e repentinamente começou a sentir dificuldade para respirar, parecia que queria chorar e não conseguia, emitindo sons de gemido. A enfermeira chefe da Unimed, excelente profissional e muito educada, percebeu e levou nosso bebê dos nossos braços para ser observado com maior cuidado na UTI com a previsão de logo voltar para nós mas não foi isso que aconteceu”, desabafou a mãe.

A mulher explicou que, a partir daí, a criança não reagiu mais ao tratamento. “Ele demonstrava piora a cada visita e médicos, fazendo exames, entraram com antibióticos contra uma bactéria e o quadro clínico continuava a piorar. (…) Ontem (sábado) às 20h no horário de visita da UTI neonatal, mais uma piora e uma notícia horrível e segundo os médicos uma situação rara e inesperada que disseram nunca terem visto, após exames foi confirmado que nosso anjinho guerreiro está com covid-19. Isso mesmo, após 3 dias de vida infectado pelo vírus. Os médicos disseram que geralmente os sintomas são apresentados após 8 dias e nesse caso extraordinário apenas três”, lamentou.

Após a morte do filho, Adriana Godoy suplicou para que as pessoas se cuidem contra o coronavírus. “Se cuidem, pois essa doença é devastadora e cruel”, disse.

O sepultamento do bebê aconteceu hoje, às 8h45, no cemitério municipal de Rio Claro, e não houve velório por conta dos protocolos sanitários, mas a família prestou uma homenagem.

O Hospital da Unimed de Rio Claro soltou uma nota lamentando o caso. “A Unimed Rio Claro se solidariza neste momento de luto com a família do bebê. Informamos que a criança recebeu atendimento e atenção por parte da equipe do hospital, que não mediu esforços na tentativa de salvar mais essa vida perdida para a Covid-19. Deixamos também nosso alerta à população de Rio Claro e da região sobre a gravidade da pandemia e a necessidade de que todos colaborem adotando as medidas de prevenção contra o novo coronavírus”, diz a nota.

Rio Claro está com 7.060 casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia e já registrou 232 mortes, entre elas a do recém-nascido, que foi a primeira morte registrada no município com um indivíduo com menos de 9 anos.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados