Após pandemia, casos de meningite caem 39% no Hospital Helvio Auto

Diminuição é resultado das medidas de higiene, uso de máscaras e distanciamento social evidenciadas pela pandemia de Covid-19

Após pandemia, casos de meningite caem 39% no Hospital Helvio Auto

Diminuição é resultado das medidas de higiene, uso de máscaras e distanciamento social evidenciadas pela pandemia de Covid-19

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 24 de abril de 2021
Categoria: Notícias


Dia 24 de abril é o Dia Mundial de Combate à Meningite. A data foi escolhida com o intuito de conscientizar a população sobre os perigos, prevenção, diagnóstico precoce e tratamento dessa infecção. O Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA), unidade assistencial da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), hospital de referência para o tratamento de meningites, registrou em 2020 uma queda de 39% em relação aos casos do ano de 2019, efeito da intensificação dos cuidados de higiene e distanciamento social promovidos pela pandemia.

Segundos dados do Ministério da Saúde, essa doença atinge aproximadamente de 2.500 pessoas por ano no Brasil. A infecção é considerada grave e caracteriza-se pela inflamação das meninges – que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal.

No Hospital Escola Dr. Helvio Auto houve diminuição de 39% no número de casos em 2020 em comparação ao número apontado em 2019. Grande parte desta redução se deve ao aumento da lavagem e higienização das mãos, uso de máscaras e distanciamento social evidenciados pela pandemia, uma vez que a transmissão da forma bacteriana ocorre através de gotículas de saliva emitidas por meio da fala, tosse, espirros e beijos.

“Os hábitos de higiene, principalmente o distanciamento social e o uso de máscara contribuíram muito para a diminuição de todas as doenças de transmissão respiratória, então tivemos menos casos de gripe, as crianças em idade escolar tiveram menos casos de vírus respiratórios, adenovírus, e viroses comuns que sempre acontecem todos os anos tiveram uma diminuição substancial no ano de 2020. As meningites bacterianas também estão dentro dessa redução promovida pela intensificação dos hábitos de higiene”, explicou Fernando Maia, médico infectologista e professor.

Em 2019 o Hospital Escola Dr. Helvio Auto registrou 44 casos de todos os tipos de meningite. Já em 2020, o número caiu para 27 casos, o que corresponde a 61% da quantidade do ano anterior.
Globalmente, mais de 5 milhões de pessoas são afetadas pela meningite anualmente. A cada dez pacientes, um morre em decorrência da doença e outros dois, ficam com sequelas. Como método de prevenção é necessário evitar locais com grande aglomeração, deixar os ambientes ventilados, não compartilhar objetos de uso pessoal, reforçar os hábitos de higiene, lavando as mãos com frequência e manter a vacinação em dia.

A rede pública de saúde oferece, gratuitamente, vacinas contra as formas mais graves de meningites para crianças e pacientes de diversas patologias e doenças crônicas.

Sugestão para legenda: Medidas de higiene e distanciamento social adotadas após o início da pandemia diminuem casos de meningites no Hospital Helvio Auto.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados