Após maltratar e causar morte de cachorro, funcionário de clínica veterinária é preso em Maceió

As câmeras de segurança flagraram o crime

Após maltratar e causar morte de cachorro, funcionário de clínica veterinária é preso em Maceió

As câmeras de segurança flagraram o crime

Por Redação | Edição do dia 21 de janeiro de 2022
Categoria: Maceió, Polícia | Tags: ,,


Foto: Reprodução

Um homem de 24 anos, funcionário de uma clínica veterinária, foi preso após maltratar e causar a morte de um cachorro durante a manhã desta quinta-feira (20) no bairro do Barro Duro, em Maceió. As câmeras de segurança flagraram toda a ação do suspeito e sua identidade não foi divulgada.

A clínica veterinária É o Bicho, localizada na Avenida Juca Sampaio, demitiu o acusado por justa causa. Nas imagens da câmera de segurança é possível ver o homem, durante o procedimento de tosa do animal, puxando várias vezes de forma agressiva a coleira que servia como guia para o cachorro Bento, da raça Shih Tzu, que tinha oito anos. O suspeito também saiu da sala e deixou o animal com a coleira presa no pescoço e sem apoio.

“Nossa equipe lamenta o que aconteceu, estamos todos muito emocionados com esse fato. Em 10 anos de clínica, nunca aconteceu algo similar com isso. Nos pegou de surpresa e nos deixou muito tristes com o ocorrido. A gente estuda medicina veterinária para salvar animais. Um acontecimento como esse, não sei nem expressar o quanto lamento a dor que os tutores estão sentindo neste momento”, lamentou a dona da clínica Fábricia Omena.

O homem foi detido e encaminhado à Central de Flagrantes, onde foi autuado por maus tratos e pode pegar de 6 a 7 anos de prisão. De acordo com informações do delegado Leonam Pinheiro, o funcionário já havia sido condenado anteriormente por homicídio. Em depoimento, o acusado afirmou que matou o cachorro porque ele se estressou com o animal.

Veja o vídeo da prisão do suspeito:

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados