Angela Merkel anuncia retorno do Campeonato Alemão

Retorno deve acontecer na segunda quinzena de maio

Angela Merkel anuncia retorno do Campeonato Alemão

Retorno deve acontecer na segunda quinzena de maio

Por Agência Brasil | Edição do dia 7 de maio de 2020
Categoria: Esportes


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, anunciou nesta quarta (6) que o Campeonato Alemão poderá retornar a partir da segunda quinzena de maio após a paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Conversamos sobre muitas outras áreas. Por exemplo, a abertura de lojas sem restrições, mas com regras de higiene, esportes de lazer e a 1ª e a 2ª divisões do Campeonato Alemão, que podem retornar após a segunda metade de maio, obviamente aderindo ao acordo e às regras testadas”, declarou Merkel.

O anúncio de Merkel era muito esperado como parte de medidas para começar a diminuir as ações de isolamento social estabelecidas no país para impedir a propagação do vírus.

Fontes disseram à Reuters que os governos central e locais também concordaram com o reinício das partidas da segunda divisão do Campeonato Alemão.

Todas as partidas terão que ser disputadas sem a presença de torcedores, disseram fontes à Reuters, acrescentando que a Liga Alemã de Futebol (DFL) decidirá as datas exatas para o reinício das competições.

O Campeonato Alemão está parado desde meados de março por causa do surto de coronavírus.

Autoridades dos 16 estados realizaram uma teleconferência com Merkel nesta quarta para discutir a flexibilização das medidas de isolamento do país.

A DFL deve realizar uma assembleia com seus 36 clubes membros na próxima quinta, seguida por uma entrevista coletiva.

O Campeonato Alemão será o primeiro dos cinco principais campeonatos europeus a recomeçar após a pandemia do vírus que paralisou o futebol em todo o mundo.

É provável que o progresso desta competição seja acompanhado de perto por outras ligas.

As equipes profissionais da Alemanha treinam desde meados de abril, divididas em pequenos grupos e sob rígidas medidas de segurança sanitária, incluindo testes de todos os jogadores e técnicos.

Na última segunda, a DFL informou ter registrado 10 casos positivos em um teste geral com 1.724 jogadores e funcionários de seus 36 clubes da primeira e da segunda divisão.

Os próprios alemães estavam divididos sobre o reinício da competição. O primeiro-ministro da Baviera, Markus Soeder, disse que apoiava a decisão, mas pediu aos jogadores que se comportem com responsabilidade.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados