Alunos denunciam assédio sexual de professor em escola de Maceió

Caso aconteceu na parte alta da capital

Alunos denunciam assédio sexual de professor em escola de Maceió

Caso aconteceu na parte alta da capital

Por Redação | Edição do dia 4 de maio de 2022
Categoria: Educação, Maceió, Ultimas Notícias | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

Alunos da Escola Estadual Ivone de Oliveira denunciaram um episódio de assédio sexual contra uma aluna da unidade de ensino, que fica localizada no bairro da Cidade Universitária, parte alta de Maceió. O movimento aconteceu na manhã desta quarta-feira (04).

Os alunos manifestaram a denúncia com cartazes que repudiavam a ação do professor. Pais dos estudantes e representantes do Conselho Tutelar estiveram no local.

A Polícia Militar também foi acionada para acompanhar o protesto do estudante, mas não precisou intervir.

Detalhes do caso não foram divulgados, mas a Secretaria de Educação (Seduc), afirmou que o docente já foi afastado de suas funções e responderá por medidas administrativas.

Confira a nota da Seduc:

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) esclarece que já tomou todas as medidas cabíveis ao órgão com relação ao caso que envolve a denúncia de assédio de um professor da E. E. Maria Ivone de Oliveira, no Tabuleiro dos Martins, em Maceió, a alunas da unidade escolar. O servidor foi afastado de suas funções no momento e outras medidas administrativas estão sendo estudadas pela gestão escolar e a gerência regional de educação.

A Seduc informa ainda que acompanha, desde o primeiro momento em que foi acionada, o desenrolar das investigações conduzidas pelos órgãos responsáveis, assim como está à disposição das alunas e familiares para todo e qualquer auxílio necessário. A instituição reforça ainda que repudia toda e qualquer conduta que fuja do propósito edificante e transformador da escola.

O Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc) e o Conselho Tutelar foram acionados para auxiliar a direção da escola durante a manifestação dos alunos ocorrida nesta manhã. As aulas seguem normalmente nesta quarta-feira (04). A pauta reivindicada pelos alunos sobre a falta de professores em algumas disciplinas será atendida ainda essa semana pela nomeação dos recém-aprovados no concurso público da Educação, realizado no ano passado.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados