Alunos da rede pública estadual se destacam na redação do Enem

Uma estudante alcançou nota máxima, se destacando entre as melhores do Brasil

Alunos da rede pública estadual se destacam na redação do Enem

Uma estudante alcançou nota máxima, se destacando entre as melhores do Brasil

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 31 de março de 2021
Categoria: Alagoas, Educação, Notícias


O Enem – Exame Nacional do Ensino Médio é muito mais que um vestibular. Envolve a expectativa de chegar ao ensino superior, ter a tão sonhada profissão e alcançar a elevação social, por intermédio da educação.

E o resultado da dedicação de uma aluna da rede estadual de ensino ganhou projeção nacional. Yasmin Ferreira, de 18 anos, é estudante do Colégio Tiradentes e tirou nota máxima na redação do Enem. Ela fez a prova na modalidade presencial, com o tema “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”

“Sempre gostei muito de redação, mas não esperava ir tão longe com minha nota! Tive uma surpresa gigantesca ao abrir o site do INEP. Meus professores foram essenciais. Sempre estiveram ao lado de cada aluno, quando esses precisaram”, comemora.

Yasmin conta ainda que sentiu uma grande alegria quando compartilhou o resultado com os colegas de escola e com a família. E não é pra menos. Com o excelente resultado ela já garante uma vaga para o curso de biomedicina, que sempre quis fazer. E a nova “fera” dá uma dica para quem quer conseguir a façanha.

“É preciso acreditar em si mesmo! Sempre digo aos mais próximos que seu maior inimigo é você mesmo: a única pessoa que pode lhe fazer parar de estudar é você. Não acreditar em si é auto sabotagem e esse é nosso maior pecado”, aconselha.

Orgulhosa, Adriana Ferreira diz que sempre estimulou o hábito da leitura para a filha. Segundo ela, Yasmin também é muito responsável. Por isso, o resultado já era esperado pela família.

“Avalio o processo de ensino-aprendizagem do Colégio Tiradentes como essencial na formação dela, feito de forma responsável e dinâmica. Para nós, é uma grande vitória e uma sensação de dever cumprido”, enaltece.

O desafio da prova

Rayane da Silva, de 17 anos, tirou 960 na redação. Ela estuda na Escola Estadual Geraldo Melo dos Santos, em Maceió. Ela também fez a modalidade impressa e confessa que estava muito ansiosa. Felizmente, o preparo venceu a preocupação e agora ela vai poder estudar num curso da área de saúde, na Ufal.

“Aproveitei todas as formas para adquirir conhecimento. Tanto com os professores, quanto pela internet. Quando usada de maneira certa, ela se torna uma ótima ferramenta de estudo. Minha dica para outros alunos é que tenham tranquilidade e não se cobrem tanto, pois cada um tem seu tempo”, reforça.

Interior

Os bons resultados também se multiplicam pelo interior de Alagoas.  José Araújo Junior, da Escola Estadual Judith Nascimento Da Silva, em Messias, conseguiu 940 na redação. Exemplo de determinação, ele estudou por conta própria, pois não tinha condições de fazer cursinho. Agora, com a boa nota, espera entrar no curso de Contabilidade. Ainda eufórico, ele diz que chorou de alegria ao ver a nota e enfatiza a importância dos professores para essa conquista.

“Todos os professores me incentivaram muito. Agradeço particularmente à minha professora de português Daniela, Caetano. Ela passou diversos temas semanais. Eu produzia e enviava a ela. Ela me devolvia os textos corrigidos e falava o que eu precisava melhorar. Isso foi feito durante todo o ano passado. Ela também mandava conteúdos que me ajudaram muito em cada competência. Acredito que toda luta é recompensada. Deus é maravilhoso. Sejamos sempre gratos a ele”, destaca.

O secretário de estado da educação, Fábio Guedes, se entusiasmou com os bons indicadores e destacou a importância da prova em âmbito nacional e estadual.

“Em Alagoas os alunos tiveram resultados extraordinários, até com nota máxima! Parabenizo não somente à Yasmin, mas a todos os estudantes que tiveram excelente desempenho este ano. 2020 foi difícil, mas o esforço dos professores, dos articuladores de ensino e da rede escolar não foi em vão. A vontade dos estudantes de realizar essa etapa também foi muito essencial para alcançar as boas notas”, enfatiza.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados