Aluna do Senai/AL intensifica treinamentos para a seletiva da Wordskills 2021

Elayne Lima aperfeiçoa técnicas na ocupação Confeitaria visando vaga para competição na China

Por Assessoria | Edição do dia 8 de setembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


Com apenas 18 anos de idade, a aluna da área de Confeitaria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL) Elayne Lima tem um sonho: participar da Worldskills 2021, a maior competição de educação profissional do mundo. O evento está programado para ser realizado no próximo ano, em Shanghai, na China.

Para transformar os objetivos em realidade, a jovem conta com o apoio do Senai e muito esforço para aprender e aperfeiçoar as técnicas. Na última semana, ela passou por um intenso treinamento, onde recebeu dicas da instrutora do Senai de São Paulo Thaís Lima, que trouxe na bagagem sua experiência internacional.

O resultado foi a preparação de saborosas sobremesas que, na última sexta-feira, 4, foram expostas na recepção do Senai/Poço, durante o encerramento do curso. O evento seguiu os protocolos sanitários para prevenção ao novo coronavírus.

Tinha bombom vegano, bombom pingado, geleias e uma variedade de produtos desenvolvidos durante o treinamento. “Foi muito enriquecedor, porque eu aprendi e também aprimorei o que já sabia em questão de técnicas de recheio, de experiência mesmo, sabe? Estou treinando, espero atingir meu objetivo, que é conseguir o ouro [na seletiva nacional] para poder ir para lá [Shanghai 2021]”, disse Elayne.

De acordo com a treinadora dela, Gabriela Queiroz, a aluna recebeu atualização de técnicas na área de chocolate, no módulo de açúcar e bombons e sobremesas. O objetivo é aperfeiçoar as técnicas para conseguir um bom resultado na seletiva nacional, de onde sairão os representantes brasileiros para o mundial.

“A gente realizou definição dos módulos do projeto-teste para a seletiva dessa competição, que vai acontecer no mês de novembro”, explica Gabriela, que tem onze anos de história no Senai/AL e o titulo de campeã, na área de Confeitaria, da edição 2010 da Worldskills América, realizada no Rio de Janeiro.

A instrutora do Senai/SP, Thaís Lima, também transmitiu sua experiência para a jovem alagoana. Ela foi uma das representantes brasileiras na Worldskills 2017, realizada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Hoje, atua no Senai como instrutora para os processos seletivos, contribuindo com a formação dos competidores.

Thaís repassou conhecimentos básicos que todo competidor precisa para desenvolver uma prova e competir numa Worldskills. Experiente, ela voltou a São Paulo com uma boa impressão da aluna de Alagoas e do trabalho que o Senai/AL desenvolve para adquirir competitividade.

“A gente conseguiu observar que ela [a aluna] é uma pessoa muito esforçada. O Estado, em si, busca recursos para atingir os objetivos. [O Senai/AL] está sempre pesquisando novas tecnologias e isso é importante para que a gente possa impulsionar o nível da Confeitaria brasileira. É importante que estados como Alagoas possam trabalhar nessa evolução constante para elevar a nossa profissão”, concluiu.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados